terça-feira, 22 de maio de 2018

E o bem que este par (só está aqui um mas são dois) de candeeiros vai ficar com aquela fotografia das meninas de rolos na cabeça?


25 comentários:

  1. Eu até gosto do candeeiro mas confesso que a primeira vez que olhei para o candeeiro li qualquer coisa parecido com Toyota

    ResponderEliminar
  2. Eu leio Totó escrito em loop. Talvez seja um sinal...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É evidente que se tratam de candeeiros mágicos, que advinham o futuro! A Ana vai receber um toyota corolla no decorrer da próxima semana e o Pipoco um novo penteado! Podia ser um rabo-de-cavalo mas o candeeiro vaticinou totós! Não há nada a fazer para evitar tal situação!

      Eliminar
    2. Palmier, temos que arranjar um procedimento, não a quero a correr riscos. Tem absolutamente que me consultar antes de fazer qualquer compra para a GO. É imperioso, pergunte a quem quiser...

      Eliminar
    3. Eu bem sabia que essa história da engenharia estava mal contada... os candeeiros mágicos descobriram tudo e acabaram de me sussurrar: atenção, tem um novo comentário de Pipoco, o decorador de interiores!

      Eliminar
    4. Palmier, não é necessário ser decorador de interiores (o que, de certa maneira até sou, afinal eu torno as pessoas mais bonitas por dentro...) para perceber que esses candeeiros são uma escolha, enfim, digamos assim, aliás, como começar?, ...

      (e vão dar uma trabalheira à criada de dentro)

      Eliminar
    5. Ahahhhahahahahahahahahaahhahahahahaha

      (Eu bem sabia que os candeeiros tinham poderes adivinhatórios!)

      (São lindos! Agora que lancei a moda decoração bricabraque, não tardaremos a assistir a uma corrida em massa aos antiquários!)

      (No próximo fim-de-semana hei-de comprar todas as revistas de decoração até encontrar alguma com uns candeeiros parecidos. Só numa de provar a minha visão! : DDDDDDDDDDD)

      Eliminar
    6. Está a ver cara Palmier? Bem disse que D. Pipoco é mestre nestes assuntos de obra.

      Eu vejo ióió, quem sabe se referência aos antigos yo-yo.
      Pode significar que o candeeiro vai passar grande parte do tempo de vida a saltar para a chão e a ser guindado para a mesa através de cordel próprio.
      Quem sabe, talvez a própria funcionária, por puro infortúnio, o deixe cair no pavimento, ou, limpando-o na varanda, no pátio lá em baixo.
      Esses saltitões são difíceis de agarrar.

      E então os Artemide? Isso parece candeeiro da Cimitarra Purpurina, enquanto a Cuca, Rainha do Azul, não olhar para ele.

      Eliminar
    7. :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Hei-de colá-los à mesa, para contrariar essa mania saltitona e viverem para sempre, lado a lado com os Artemide! Porque os Artemide não renegam os seus ancestrais! :DDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    8. Cara Palmier, pode acreditar que uma sua pintura do *candeeiro* irá superar largamente o original.

      Não se esqueça de pintar o referido na varanda, a tentar saltar das mãos da D.? para o pátio, o maroto, qual super herói, envergando O Casaco como capa.

      Prudência! Um Artemide ao lado terá tendência a suicídio por defenestração.

      Eliminar
  3. A ser real esse poder premonitório do objecto, estou mesmo a ver que vou encontrar a Cristina não tarda. A Cristina foi minha colega na escola primária e o pai operava uma oficina de candeeiros na garagem da casa deles. Às vezes eu ia brincar com a Cristina e a mãe dela dava-me bolachas maria ao lanche. E o que eu adorava os brincos e colares que a Cristina fazia com os penduricalhos de vidro dos candeeiros do pai...

    ResponderEliminar
  4. (não disse mas acho que se percebe que os candeeiros que o pai da Cristina fazia eram "desses")

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida! O candeeiro acabou de referir a Cristina Vidrinhos, agora mais conhecida por Swarovsky! Vai ser um encontro... brilhante! :DDDDDDDDDDDDDD

      (sei bem como era duro o trabalho do pai da Cristina, porque os vidros destes candeeiros estavam todos soltos - aposto que alguém andou a fazer brincos com eles... - e foi preciso muito jeitinho com o alicate de pontas para os trazer de volta à vida!)

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Ahahahhahahahahahahhahahahahahhahahahahhahahahahahahahahahahhahahahahahahahahahhahahahahahahahahahhaahahhahhahhahahahahahahahahhahahahaahhahahahahhaha

      Eliminar
  6. Eu leio claramente: LOLOLOLOLOL
    Palmier, nossa querida pítia, comece a rentabilizar as consultas a este poderoso oráculo... ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Vou já montar uma banquinha com o meu candeeiro mágico!

      Eliminar
  7. Oferta da sogra para o quarto das visitas :-)
    A seguir recebes os naperons em crochet para a cozinha eh eh eh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. E eu que gosto tanto!

      Eliminar
  8. A minha mãe tem o de tecto para fazer conjunto, mas quer desfazer-se dele... se quiser, quando vier a Lagos, ela dá-lho com todo o gosto, eh, eh...

    ResponderEliminar
  9. Era ver o arquiteto ter um piripaque

    ResponderEliminar