segunda-feira, 11 de março de 2019

Março


Título: Housewife
acrílico s/ tela
Dim: 80x80 cm

62 comentários:

  1. Os «idos de março» podem, afinal, ser portadores de muito boas novas: este quadro está magnífico.

    [Imagina-se o trabalho para conseguir esta precisão de detalhe -- por exemplo, no copo.]

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E, pelos vistos, Março também é mês de muito bons comentários.
      Muito obrigada, Xilre!!! <3

      Eliminar
  2. Gosto muito deste!E pelo preço de alguns se calhar são tão bons como alguns vinhos... e ficamos mais limpinhas. Mas falta o Calgon para evitar o calcário nas articulações....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahhahahahhahahhahahahhahahhahahahhahahahhahahah
      E um bocadinho de Comfort ou Quanto para ficar com um cabelo fofo e espectacular! :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  3. Tão bom!!!
    ( para que é a fisga?)
    :D

    ResponderEliminar
  4. Ahahah...afinal, é um copo. Mas, poderia ser uma fisga.:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora estou a olhar para o copo a tentar perceber onde é que raio pode estar escondida uma fisga! :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. Cara Palmier, no primeiro relance também vi uma fisga. A arte ao serviço da avaliação psicológica - Rorschach explica! :)

      Eliminar
    3. :DDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    4. Não consigo ver a fisga. Mas queria tanto ver!!!!

      Eliminar
    5. Caríssimas, só conseguem " ver" a fisga em imagem pequena, num ecrã de Tlm...ou, então, sou eu que estou mesmo a ficar cega. :))
      Só a custo é que vejo o copo.
      Fisga ou copo, és um génio, Palmier :D

      Eliminar
  5. Olha já tem patrocínios e tudo... UNILEVER rules!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também quero parcerias, que isto uma pessoa tem de fazer pela vida! :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  6. Estás a apostar nas parcerias erradas. Arranja uns da Golden ou da Wndsor&Newton.
    :DDDD

    Cada vez melhor! O David Hockney que não abra a pestana, não! Fazes um ido da cor tãoooooooooooo maravilhoso! aDORO!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que vale é que te tenho a ti para me dares sempre muito ânimo! :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  7. Eu vivo de quadro em quadro. Se um um dia me faltarem, acho que também me meto nos detergentes.

    Diverte-me imaginar que isto começou com uma composição fotográfica e que há alguém a ver a cena ao vivo, para poder tirar fotografia.

    ResponderEliminar
  8. Total Housewife... Se fosse a Palmier, escondia-me: li hoje por aí que parece que andam aí à procura de quem queira casar com agricultores ou com filhos parvos e inúteis. Ora bem, com toda essa panóplia é de mulher vencedora!
    Adoro o quadro

    ResponderEliminar
  9. Tivesse eu pintado isso e o título seria “auto-retrato”.

    ResponderEliminar
  10. Cada vez melhor!
    Vai um pouco de Nodet?
    :)

    ResponderEliminar
  11. ohhh raios, agora fiquei aqui a pensar numa coisa: a sombra da perna direita, não coincide com as restantes sombras. Haveria uma luz especial apenas para essa dita perna?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora... toda a gente sabe que as sombras são muito traiçoeiras... :DDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  12. Já ganhou!!
    Este. Este é que é o meu preferido. Agora é que é.
    Está maravilhoso.

    ResponderEliminar
  13. Está maravilhoso! Adorava saber pintar (ou sequer desenhar...)
    Para quando a exposição?!
    Quero muito ir ver 😊

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Only Mafy, digo-lhe eu, que a Palmier não diz nada a ninguém! Já houve exposição e não soubemos (daí o meu nome aqui no blog). Ora, Palmier mandou-me estar atenta a Mirone, porque será Mirone a Relações Públicas de Palmier. Eu obedeci e estou de mira na Mirone. Junte-se a mim, Only Mafy!

      Eliminar
    2. Mas muito provavelmente só será para o próximo ano... :)

      Eliminar
  14. Nada de marca branca......Quem pode , pode

    ResponderEliminar
  15. A D O R O !
    (a Palmier consegue ser um bocadinho irritante, por ser a melhor em tudo...)
    (podia dizer-nos um defeito que tenha, só para não nos sentirmos um bocadinho melhor :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Matemática. Tudo o que mete números preciso de pedir ali em cima à NM para me resolver! :DDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  16. OMG, é o meu preferido. Adoro tudo, tudo, tudo. A carpete é que está demasiado limpinha, precisava ali de um bicho qualquer a borra aquilo. Sara

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda pensei num ratinho, que eu adoro ratinhos, mas depois achei que já eram coisas a mais pelo chão :D

      Eliminar
    2. sim, mas essas coisas estão demasiado limpinhas, nem um pingo no chão, tudo muito arrumadinho, frascos sem pingar fechados...falta porcaria naquela carpete muito azul!!! Mas é mesmo o meu preferido :)

      Eliminar
    3. Uma traça na camisa tinha ficado sublime.

      Eliminar
    4. Olha que bela ideia! Ainda vou a tempo de a pousar lá! :D

      Eliminar
  17. E eu, que gostei logo tanto, mesmo de verdade que se não fosse não dizia, que gostei logo tanto do quadro que deu inicio a este percurso vencedor. Tenho de procurar o post para voltar a vê-lo, lembro-me que adorei as cores, as almofadas, acho que tudo, mesmo, acho que transparecia nele aquela vontade de experimentar, até inocência, de principiante que se atira a uma coisa, não sei se sem medos, mas atira-se, lembro-me que, aquela senhora, agora comparada com estas, parecia assim uma pétala ou uma folha que tinha caído num sofá, Pétala caída, bem que podia ser o nome! Um dia, passado um tempo, tive a sorte de reparar na indicação de uma exposição, aqui, timidamente, numa caixa de comentários, fui ver, mesmo cheia de vontade de ir ver, e, agora, muitos quadros depois daquele primeiro, mais uma vez, mesmo de verdade, já não fico surpreendida por estar cada vez melhor, e, embora não goste de todos da mesma maneira, como em tudo, como é normal, lá tenho andado aqui de embasbacanço em embasbacanço a parecer-me que é uma daquelas situações em que o céu é o limite.

    Ps: Não contei na altura, conto agora. No dia em que fui ver a exposição, estava, ali muito perto, "O homem que gostava de cães", trouxe-o para casa e está a aguardar pelas férias maiores, deste ano, para ser lido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Cláudia Filipa <3

      (um excelente dois em um :D)

      Eliminar
    2. Palmier, não estava a apetecer-me, mas é melhor deixar emendado: "lembro-me de que..." e não " lembro-me que...". Boa tarde e obrigada :-)

      Eliminar
  18. É que nem usou o copo, foi logo de gargalo... sua detergentólica.

    ResponderEliminar
  19. O melhor de todos, sem dúvida!
    Muito bom!

    Boa tarde, Palmier. :)

    ResponderEliminar
  20. ´tão e a cindi, é mesmo bué alta?

    ResponderEliminar
  21. E pensar que não vi a tua exposição!! Por este andar, outra surgirá! :D és absolutamente brilhante!

    ResponderEliminar