terça-feira, 3 de março de 2015

Na política como nos blogs

Da esquerda à direita, estão todos sentadinhos nas suas cadeirinhas, à espreita, desesperados, na expectativa que apareça uma mala da Pepa. E assim vamos andando, de mala da Pepa em mala da Pepa. A única diferença é que a Pepa ainda aspirava a uma mala Chanel. Na política basta uma mala da Zara, daquelas a 14,99 €, das que se usam e exploram durante três dias, até à exaustão, aquelas que dão para fazer um vistão, olhem para mim, aqui a dizer coisas tão inteligentes sobre a mala ref.ª 125568 da colecção Primavera-Verão, vejam como só eu sei discorrer sobre esta extraordinária mala, olhem bem como digo coisas profundas e lhe exploro todos os ângulos, sou, na verdade, uma filósofa de malas, a mala que, no dia seguinte, se atira para o fundo do armário para não mais voltar a ver a luz do dia, que não se pode perder tempo e urge passar rapidamente à mala seguinte. E assim sucessivamente, numa voragem  de imbecilidades, uma espiral de superficialidade, um buraco negro devorador de ideias. E depois acham estranho o número crescente de abstencionistas. Eu cá não o acho estranho. Acho inevitável.


(e não me estou a referir às dívidas do Passos Coelho à SS, que a esse parece-me suficiente enviar cópia do artigo 6º do Código Civil - (Ignorância ou má interpretação da lei) - A ignorância ou má interpretação da lei não justifica a falta do seu cumprimento nem isenta as pessoas das sanções nela estabelecidas.)

22 comentários:

  1. Os outros andam todos a correr. Eu estou a nadar. Ai mulher, tens de criar o "Palmier Encoberto para totós".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh pah... é só mesmo o que está lá escrito... não tenho nada na manga :)

      Eliminar
  2. Palmier, como eu gosto de a ver assim, piursa!, a chamar imbecis e fúteis superficiais armadas em filósofas às pessoas (dos blogues)... Fico a pensar no mal que lhe terão feito desta vez.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kina... estava a chamar essas coisas todas sim, mas aos políticos. É que aqui nos blogs nós não temos responsabilidades (ou, pelo menos, não temos as responsabilidades dos políticos), pelo que podemos bem esperar pela próxima mala, tranquila e animadamente. Já do Governo, deputados, presidentes dos partidos e seus apaniguados, enfim... esperava-se talvez um bocadinho mais.

      (eu sou a primeira a assumir a minha futilidade, não se preocupe)

      Eliminar
  3. Estão todos com amnésia. Proponho memofante, calcitrim, cogumelo do tempo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só pode. Porque a idoneidade dos visados é inquestionável!

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Não posso ver o telejornal. Enervo-me muito. Acho que é isso... :D

      Eliminar
    2. Mas sou só eu que os vejo discutir infindáveis malas da Pepa? Estarei com alucinações?

      Eliminar
    3. Palmier, está a tergiversar. A minha leitura do que escreveu é que se referia a isto dos blogues mover-se a não-coisas e, movendo-se a não-coisas e a superficialidades, perde interesse, o seu interesse.

      Não era isto?

      Eliminar
    4. Não... devo-me ter explicado mesmo mal. A Kina, ali em cima, também percebeu a mesma coisa...

      (que nós, aqui dos blogs, nos movemos a não-coisas, é um facto assumido :D)

      Eliminar
  5. Hoje deixo-te aqui o meu bom dia e abstenho-me de comentar que aquilo da SS até me dá falta de ar.

    ResponderEliminar
  6. Verdade Palmier. Andam todos a ver se alguém faz uma cagada ainda maior para se esqueceram das cagadas antigas.
    E a verdade é que o povo tem memória curta. Não sei porque criticam o à B(r)ava se as gentes de Portugal tendem mais a esquecer do quer a capitalizar.
    Queres formar um novo partido??? Juntas-te ao Dá Cá o Meu?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É que me causa aversão! É mesmo uma coisa de pele! Mas vê-los ali, penduradinhos nos microfones, agarradinhos ao diz que disse, a achar que nos convencem (acharão realmente que convencem alguém?), a discorrer sobre nada... oh pah?! Embora lá para o Dá Cá o Meu! ;D

      Eliminar
  7. É o reino do político insubstancial, do rei bobo e do comentador saltimbanco. Parece uma monarquia decrépita por gerações de incesto. Apelo ao voto nulo seguido de migração para o paraíso do cogumelo da Uva. Tem um mosteiro com boa cerveja, um gato gigante e uma destilaria para alambicar boa aguardente. Só podemos levar uma mala de livros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas... nem uns sapatos prateados, nem uma mala da moda...?! Assim não sei se quero... :DDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  8. Pipocante Irrelevante Delirante3 de março de 2015 às 14:45

    Confesso que tenho evitado aprofundar demasiado o caso Coelho/SS, até porque já tive uns problemitas com a mesma instituição, e não houve amnésia ou boa-fé que me valessem.
    Também me esqueci de pagar uma daquelas portagens sem portagem (ora gaita, na minha mente tacanha, um gajo passa, paga, não passa, e paga na semana seguinte no posto dos correios), e lá veio a devida multa.

    O pior nem é esses gajos roubarem, estão no seu direito de o fazer, mas sim a falta de vergonha quando são apanhados.

    Bem sei que isto é um blog de e para senhoras, que pouco devem ligar a futebois, mas pesquisem o caso de um senhor de seu nome Uli Hoeness, e vejam as diferenças.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas nós, aqui em Portugal, preferimos continuar a discutir as malas... é mais divertido... :/

      Eliminar
  9. Concluo que já venho tarde para falar da Insegurança Associal, mas só hoje é que vi o post. E tanto que havia para discorrer sobre aquela chafarica. Mas a Palmier e a maioria dos leitores já disseram tudo. E por aqui me quedo porque, na minha idade, ainda me dá alguma coisinha má :)

    ResponderEliminar