segunda-feira, 16 de julho de 2018

Ah o que eu gosto dos stands de automóveis - parte 2

Na Sexta lá telefonei para o stand, que a entrega do carro estava prevista para o fim de Julho, mas como já sei como estas coisas são, que os carros têm de vir nos barcos e podem estar ondas e uma ventania ou assim, e depois não chegam a horas, e eu quero organizar a minha ida para férias, vá de falar ao senhor, que lá me disse que se ía informar e que já me ligava de volta e então, quando me ligou, disse-me que não estava nada à espera daquilo, que foi mesmo uma grande surpresa, mas que, afinal, em vez de serem Julho, o carro só chegava mesmo a vinte e nove de Agosto, pois muito bem, eu por acaso já estava à espera, disse eu, tudo bem, então conto com a entrega lá para o início de Setembro, obrigada, adeus e até breve...

E então, quando ía a desligar, oiço o senhor lá do fundo do telefone a chamar-me e eu "sim, sim, diga":

- Não leve a mal mas eu agora vou enviar um mail ao seu marido a informar.

?
?
?


E assim fez, enviou um mail ao meu marido a informar que o carro que eu vou comprar está atrasado...


64 comentários:

  1. Não tenho experiência em stands mas um investigador universitário, ali entre os 40 e os 50, já me perguntou quem era a minha família. Respondi-lhe que tinha pais. Ele muito admirado diz-me "não, não, a tua família pessoal, quem toma conta de ti aqui em Barcelona" (em inglês tudo isto). Foi um choque para o senhor saber que eu andava ali nos 25-30 anos sem marido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahhahahhaahahhahahahahahahhahahahahahahhaahhahahahahahahahahhahahaha
      Que idade média! :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. Este comentário fez-me lembrar da última vez que estive na Índia, onde fiquei uns dias em casa de uma família em Bombaim. Todos muito simpáticos, mas preocupados por eu andar sozinha de um lado para o outro. Eu às tantas apercebi-me que eles achavam que eu era muito mais nova do que era e para os descansar disse "Mas eu tenho 33 anos, já vivo sozinha há uns 10". Resposta imediata: "Porque é que não é casada?". :DDDD Pior ainda foi terem a ficado a pensar que eu tinha maus pais, que não me tinham arranjado casamento!

      Eliminar
  2. Olha, que se lixe! Diz-lhes para lhe enviarem também a fatura, perdido por 100, perdido por 1000! :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, quando for buscar o carro digo-lhe para mandar um mail ao meu marido a pedir o dinheiro! :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  3. Eu era menina para dizer ao Sr.: "Por acaso, levo mesmo muito a mal", pois venda o carro a outro como o o Senhor.
    Era stand para eu nunca mais entrar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lulu... lamento dizer-te isto...mas, da experiência que tenho, acho que deixavas de entrar em todos os stands! :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  4. Eles sabem perfeitamente quem paga...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vá lá, caro anónimo, confesse lá: também trabalha num stand, não é?

      Eliminar
    2. Não acha mesmo isso, pois não Anónimo...? Era só triste e eu não quero acreditar nisso!

      Eliminar
    3. Este/a deve ser um/a anónimo/a que sonha que eu vivo a expensas do meu marido :D

      Era bom, já lhe pedi várias vezes para me sustentar, para eu me dedicar apenas à pintura, mas infelizmente ele não vai nisso :D

      Eliminar
    4. Oh sim, por favor, consorte da Palmier, por favor, aceda lá a esse pequeno pedido. Não lhe custa nada. Pense nisso como um investimento, é que daqui a uns anos, se lhe der asas, será a Palmier a sustentá-lo a si.

      P.S. Agora a sério, a Palmier está cada vez melhor, cheguei a um ponto em que não encontro palavras para elogiar os seus quadros. Bravo!!

      Eliminar
    5. Não trabalho num stand, não.

      Eliminar
    6. Oh diabo, então é pior do que eu pensava...

      (acha apenas que os carros que as mulheres andam por aí a conduzir são todos oferecidos pelos maridos... é? errrr..... em calhando verificava o calendário e reparava que estamos em 2018...)

      Eliminar
    7. Não diga isso!! Se me fala em 2018 fico logo a pensar porque raio é que contínua a haver gente pedante e com necessidade de mostrar o que tem e faz. Mas, agora que falamos nisso, às tantas todos nos achamos num patamar de evolução em que realmente não estamos.

      Oh diabo, então é pior do que eu pensava...

      Eliminar

    8. (então, minha boa anónima, não dá para mudar de ideias a cada comentário... tem de se decidir... em que ficamos? saquei o carro ao meu marido ou estou a exibir o que tenho e faço?)

      (é que isto de comprar um carro em 2018 é realmente uma coisa deveras extravagante...)

      Eliminar
    9. Sacou o carro ao marido para exibir o que tem e faz....dahhhhh

      Eliminar
  5. Pois com certeza! Manda o Mail, muito provavelmente a dizer-lhe em que termos deve ser redigida a autorização (não confundir com consentimento :DDDDD) que consorte terá de dar.


    :DDDDDDD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahhahahahhahahahhahahahahahahahhahahhahahahahhahahahahhahahhahahhahaahhahahahahah

      Autorização para conduzir, claro! :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  6. O meu marido comprou recentemente um carro de uma marca alemã conhecida. No dia em que o carro chegou, eu dei-lhe boleia no meu carro até ao stand. Um stand grande, cheio de carros daquela marca no parque de estacionamento. Haviam 2 carros de marca diferente. O meu, também de marca alemã mas maior que o do meu marido (que já é grandote), e outro também de outra alemã mas bem mais pequenino. O vendedor não me viu chegar... quando se despediu de mim disse-me:”agora, da próxima vez que precisar de um carro venha falar comigo, pode ser que eu a convença a mudar para a nossa marca”, enquanto apontava para o carro de outra marca pequenino... tive que lhe explicar que o meu carro era de facto de outra marca... mas era o grande...

    ResponderEliminar
  7. eu queria era saber qual era o carro que vem de barco...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso não se faz Palmier, a minha faceta cusca ainda fica mais acirrada com a curiosidade depois de saber que é lindo... podia fazer uma parceria e depois as suas seguidoras que estivessem a pensar comprar um carro este ano, como aqui a je, não tinham de ficar por uma lambreta :) Ou então pintar um quadro com o dito. Pronto, pronto, se fosse eu também não dizia. Olha agora, quererem saber que carro é que tenho!!! :) Beijinhos Sara

      Eliminar
  8. Ah que nem foi comigo e o sangue ferve-me na mesma!

    ResponderEliminar
  9. Sexismo? Ou comunhão de adquiridos?

    ResponderEliminar
  10. Finalmente, um homem que nos compreende, a nós homens!
    Que é lá isso de mulheres ao volante a comprar carros?! Qualquer dia dá-lhes para pintar quadros e gerir empresas...

    ResponderEliminar
  11. A mim, num banco em França, explicaram-me que precisavam de uma declaração do meu marido em como eu vivia com ele porque embora sejamos casados e com uma filha em comum, o facto de eu não ter ficado com o seu apelido podia significar que não partilhávamos o mesmo tecto...E lá foi o meu marido escrever pois então que a sua-esposa-desnaturada-que-se-recusou-a-ficar-com-o-seu-apelido partilhava de facto os mesmos lençóis e contas de supermercado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Loool
      Eu estaria completamente salva desse julgamento pois, apesar de não termos qualquer relação sanguinea, eu e excelso esposo temos o mesmo apelido (e uma grande parte da população portuguesa). Já posso ir para França!! UHUHUH xD

      Eliminar
  12. Eu por norma não tenho esses problemas, o meu marido informa logo
    à partida que quem paga é a mulher. Mesmo quando não quero tratar do que quer que seja dou chateada com esses mails.

    ResponderEliminar
  13. Acho muito bem. Imagine que a Palmier estava a pensar comprar um carro para si e o seu amante, sem contar nada ao seu marido. O stand não compactua com essas poucas vergonhas. :DDDD

    ResponderEliminar
  14. Agora o Sr. Palmier respondia: "E pelos vistos não é só o carro que está atrasado, ó malta do século XVIII..."

    ResponderEliminar
  15. Ahahahahah o homem é bruxo nas horas vagas e sabe o mail do Sr. Encoberto :DDDD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois que não é um caso de bruxaria, o meu marido foi levantar o carro que nos deram para experimentar durante um fim-de-semana (antes de encomendar o meu), porque trabalha mais perto do stand, e o senhor ficou com os contactos dele...

      Eliminar
    2. Oh Palmier, então anda aqui a bradar aos céus sobre uma grande afronta e afinal foi a menina que estragou tudo...alguma vez ia o marido buscar o carro?? Só se a Palmier tb fosse e se sentasse atrás, estilp ambrósio....Claro que o troglodita ficou a pensar que ele é que manda no carro...foi uma falha muito grave, agora dou 50/50 ao senhor do stand!

      Eliminar
  16. Palmier se for pelo x2 vale a espera , quanto ao pagamento , atrase o :) :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, não é o X2. Vou mudar de marca :)

      Eliminar
    2. qual é a marca? e a matrícula? e a cor? e...diga lá, que chata, já não se aguenta. E se é a gasolina :)

      Eliminar

    3. Não posso, há muito poucos e depois vocês sabiam logo que era eu :DDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    4. Que máximo, um carro quase exclusivo! Chiquérrimo!!!

      Eliminar
    5. Não será de todo exclusivo (ou sequer quase), é apenas um modelo bastante recente (e portanto ainda há muito poucos).

      Eliminar
  17. Não fosse consorte não ter dado autorização para comprar. O sr é precavido

    ResponderEliminar
  18. Tenho para mim que está à espera de um carro elétrico! Será??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não... ainda não me converti ao ecológico :/
      (mas pelo menos já não vai ser a gasóleo :)

      Eliminar
    2. Vem aí um descapotável :) :) logo que entre na garagem está bom ;)

      Eliminar
    3. Não, nem pensar! Detesto carros descapotáveis (acho-os pouco seguros e não gosto nada da ventania) :D

      Eliminar
    4. Também não, nem sei qual é esse :)

      Eliminar
    5. enganei-me com a pressa, vw Volkswagen, queria dizer, vamos começar as apostas?

      Eliminar
  19. não é possível! mas parece que sim ... refiro-me à cena da confirmação com marido ... que caraças, mas parece não ser o único pois ainda hoje li por aqui algo do estil: https://avidaemazulcueca.blogs.sapo.pt/21-por-estes-dias-1821149

    ResponderEliminar
  20. CLS de 3.a geração?
    Bentayga?
    Amg gt 63S?
    Q8?
    488 pista?
    pagani huayra?
    S90?
    Cayenne turbo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhahahahahhaahhahhaahhahahahhahhahahhaha
      Tive de ir pesquisar quase todos à net! Nop! Não confere! :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. Palmier, já percebeu que vai ter de abrir um passatempo sobre a marca do carro. Acho que é muito violento deixar os seus queridos leitores na ignorância, é muito cruel. Range Rover, Land Rover, Jeep, audi...ou...tesla?? Não me diga que é um tesla? Ou então é o kit.

      Eliminar
    3. Laios e coliscos!

      A cara Palmier não me diga que vai comprar um tesla model x que parece um charuto encabazado, um prius a esteroides, que necessita de umas 24 horas para carregar as baterias de 100kWh numa tomada doméstica, se - a tomada - não arder.

      Podemos sempre gastar uns quinze mil euros num posto de transformação, mas não vamos gostar da fatura de potência contratada.

      É que já voltamos ao carvão, sim, nós, este paísinho estranho que cada vez mais parece uma ideia espúria saída da cabecinha de algum trump que por aí anda pelas catacumbas dos ministérios (ou nas feiras do pastel de nata e nos seminários dos melhores do mundo - diria o próprio presidente / professor / pedagogo Marcelo, "nós e os EUA somos invencíveis!" - e ainda assim continuaria errado)
      Caraças...

      Ps. Secretamente, espero que seja um vision mercedes maybach em azul.



      Eliminar
    4. Não, ainda não aderi aos carros ecológicos (são todos muitoooooooo feios!). Troquei o gasóleo por gasolina, já é qualquer coisa!

      Eu secretamente também espero. Mas tenho pouca esperança que a minha futura abóbora se transforme nessa Cinderela :DDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  21. Eu apaixonei-me por um impala lindo de 64 que vi num stand local. Fui lá saber do preço (porque andava atrás de carro mesmo) e o vendedor disse-me "ai mas isso não é carro pra uma senhorita, quase parece um carro funerario" e eu disse "pois se a senhorita aqui o compra e o leva pra casa passa a ser carro desta senhorita não é?"ao que o vendedor diz "não quer trazer o pai ou o marido para a ajudar a escolher?" (Nem marido nem o pai conduzem ou tiveram carro alguma vez na vida). Resulta que o meu pai esteve de férias duas semanas depois disso e fomos lá e ele dizia "sim filha é muito bonito" e eu disse pro vendedor "olhe este é o meu pai e ele acha que o carro realmente é bonito pra mim" e o vendedor a falar para ele de coisas mecânicas e o meu pai a dizer-lhe "chefe a minha filha já conduz desde os 14 anos, eu nunca conduzi na vida,não sou eu que vou comprar o carro é ela, não sou eu que vou conduzir é ela, porque não fala com ela?" E ele disse que ia buscar o folheto nao sei de quê e nunca mais voltou... acabei por não comprar o impala mas ainda passo por lá e o vejo regularmente e aceno-lhe (ao carro claro)

    ResponderEliminar