quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

E enquanto vocês começam o ano com desejos, resoluções e coisas que tal...

Nós preferimos começar o ano com elevação, dedicadas à pintura e à arte em geral. Assim, enquanto Maman pintava uma paisagem marítimo-urbana, Palmier-filha aproveitou uma distracção para introduzir elementos naif'o'surrealistas nesta magnífica obra. 


É que não restam quaisquer dúvidas... estamos perante um novo Velasquez!

14 comentários:

  1. À laia de conselho, é melhor estarem vigilantes se se cruzarem com obras de arte religiosas a necessitar de restauração. A fatura final pode ser pesada.

    barbaecabelo.net

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahahahahahahahhahahahahahahahhahahahahahahahahahahahahahahhahahahahahahahahahahahahahahahahahahhahahahhaahhaahha
      Vou passar a atar-lhe as mãos sempre que passarmos nas imediações de uma qualquer igreja! :DDD

      Eliminar
  2. Não me digas que ainda são parentes daquela idosa senhora que resolveu dar uma nova dinâmica à imagem de Cristo ali em terras de Aragão.
    Confessa: tendes uma avuela espanholita?

    ResponderEliminar
  3. Quer-me parecer que foi criado um novo estilo artístico.
    :)))))

    ResponderEliminar
  4. Eu estou aqui que nem sei... Aquilo na cabeca da boneca é um laço ou coroa?! Se é uma coroa... pa... castigo com ela. Ja se é um laço gigantone... Que orgulho não palmier? :DD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Epá... eu nem perguntei... deixa-me aqui na feliz ignorância. É que se calha ser uma coroa... :DDD

      Eliminar
  5. Chegará o dia em que petitte Palmier exporá no MoMA e este simples quadro paisagístico-naif valerá um fortuna... Vereis, que eu tenho quase sempre razão e raramente me engano (??)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :DDD
      Ainda vamos acabar com o défice por via da arte!

      Eliminar
  6. Ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah
    Nem sei que diga, é levá-la já a uma academia de artes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já encetei contactos com o Royal College of Art, evidentemente! :DDD

      Eliminar
  7. ahahahahaha.
    Não sei porquê mas lembrei-me do ecce homo de há uns tempos :D

    ResponderEliminar