sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Mães com Pinta

Criei esta rubrica para vos dar a conhecer estas mães como nós, donas-de-casa de mão cheia, adoradas pelos seus maridos, profissionais com carreiras fulgurantes mas, acima de tudo, mães e... com muita pinta. Ou, como se diz em estrangeiro, e que aposto que vocês não sabiam, mães com muita polka dot!




Obrigada a estas mães com pinta por este momento absolutamente inspirador!

40 comentários:

  1. Ahahaah...Ai Palmier, como com tão pouco consegues um humor saudável e com qualidade :)

    Já agora eu, mãe de dois sem qualquer apoio familiar por perto, nem dinheiro para babysitters, e que só queria ter uma noite seguida de sono ou poder um dia por semestre não ter responsabilidade, confesso que há uma pergunta que me enerva tremendamente nestas entrevistas, que é:

    "como conciliar a vida de mãe, com excelente profissional, com ginasio, com viagens com o marido, com idas ao cinema, com tratar de si, etc etc etc". A resposta é SEMPRE de ir ao cu ao passarinho: que é preciso é muita força de vontade e organização e positivismo e estrelinhas e passarinhos e não nos esquecermos de nós. O TANAS. A razao mor nunca é referida nessa questão, e é: porque tenho quem me fique com os filhos; porque há avós; porque há tias; porque ha empregadas que adiantam o que me consumiria o tempo livre (e muitas nem tempo livre têm); Com ajuda eu também teria imensa pinta, seria uma mãe Top :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estás a ser um bocado injusta... é que dá imenso trabalho dizer: "Maria, dê o banho, jantar e ponha os meninos na cama às 21h00. Eu chego lá para a meia-noite". E que, a seguir a isto, uma pessoa fica exausta! :DDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. Eu não o diria melhor! Por acaso, felizmente, sou das que tem algum apoio (avós por perto, embora com algumas limitações) mas é mm isso, sem tirar nem pôr.

      Eliminar
  2. Palmier, correção. Estas mães só têm uma unica pinta (ou talvez duas, se utilizarmos o termo alentejano para nomear a outra).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas todas juntas têm várias pintas! E isso é que importa! :D

      Eliminar
  3. Isso faz de nós, mulheres que não usamos um ponto vermelho na testa, mães sem pinta? Gosto da pinta. :)

    ResponderEliminar
  4. Ó Palmira, desculpa lá, alcança-me aí o código deontológico da bloga que não sei onde botei o meu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda estou a acabar de o redigir... é que está em constante alteração... :DDDDDDDD

      Eliminar
  5. Realmente que mães cheias de PINTA... e sim, sim mães como nós! Que trabalham, e têm filhos pequenos, e mudam fraldas a fazer equilibrismo, e vejam bem... até vão ás compras. Que mães como nós, cheias de pinta e fantásticas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Incrível, não é?! Ainda hoje fui a correr logo de manhã às compras... é que já tinha soado o alarme das "ideias de última hora" há uns dias e eu ainda não tinha comprado um único presente de Natal! Sou top, não sou? :DDDDDDDDDD

      Eliminar
  6. (aposto que as fannys dos aquecedores já estão todas de batom na mão a fazer bolinhas na testa)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desde que sejam Labello... :DDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. "Fannys dos aquecedores"???? Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah... Sois muito ruins, sinceramente...

      Eliminar
  7. e, se rasparem a "pinta" com uma moeda, pode sair um carro de prémio....! Um "Seat"...!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahhahahhahhahahhaahhahhahahahahhahahahahahahahahhahahahahahahhahahhahhahahahhahahhahahahahaha
      Mães raspadinhas! Top! :DDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. não vou querer um post com fotos sobre esse tópico M-E-D-O!

      :DDDDD

      Eliminar
  8. Palmier,

    Você é fantástica!
    Uma mãe que não é acéfala!
    Viva!!!

    Beijinho,

    T.

    ResponderEliminar
  9. Já eu, por defeito profissional, sou uma mãe com círculo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre com a mania que és moderna... incrível... :DDDDDDDDDDD

      Eliminar
  10. Palmier, viste a respostas no facebook do blog das gordinhas, a esse post? Há que dizer porque a "polémica" foi logo apagada para ficar tudo bem cor de rosinha como se quer naquele blog imaculado:
    -uma mãe comum disse que seria interessante abordar mães anónimas e que também têm pinta. Vieram logo outros dizer que que mães com pinta é só para as elites ahahahaha

    ResponderEliminar
  11. E que é sardenta? É uma mãe com muita pinta?

    ResponderEliminar
  12. Só ainda não compreendi o motivo para as segunda e terceira mães terem um bocado de tinta da côr da pinta nas raízes frontais do cabelo... Hmmmm ... Serão loiras?... Para disfarçar que não têm uma risca ao meio comme il faut?... Anda lá Palmira, dá-nos uma pista!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :DDDDDDDDDDDDD

      Olha... não sei... se calhar gostaram tanto destes batons Labello que resolveram fazer mais umas pintas!

      Eliminar
    2. Na melhor risca cai outra pinta. C'est la vie.

      Eliminar
  13. Sempre com atenção ao matchy-matchy....agora até as mães teem "pinta"! TOP!TOP!TOP!

    ResponderEliminar
  14. Tenho um sinal na perna.
    Posso considerar-me uma mãe com pinta?

    ResponderEliminar
  15. Com os apoios, back-up's e incentivos (mostrar-se aos outros diariamente) delas, eu era um dalmata.

    ResponderEliminar