terça-feira, 6 de novembro de 2012

De castigo, por ser tão má, tão má, tão má...

Mordi a minha própria lingua com tal violência, que temo, agora, sucumbir a uma morte lenta e agonizante, vítima do meu próprio veneno…

14 comentários:

  1. Que exagerada!!
    Iamos sentir tanto a tua falta!

    ResponderEliminar
  2. Já estou a caminho com o antídoto!
    Respiiiiiiiiira!

    ResponderEliminar
  3. É por isso que eu tenho sempre o antídoto no bolso! Estou sempre a morder-me!

    ResponderEliminar
  4. No worries... falando por experiência própria: erva ruim não morre :D

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Ahahhahahahhahahahhahhaahahaha ainda ficava engasgada! :DDDDD

      Eliminar
  6. Palmier, não sucumbas, senão ainda pensam que a Picante tomou as dores da Doce. E isso não me parece possível.

    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhahahahahahahahahahaha já comi umas pipocas e sinto-me bastante melhor! :DDDD

      Eliminar