terça-feira, 20 de novembro de 2012

Graves acusações pairam sobre este blog!

Maman decretou que eu só tenho escrito coisas parvas! Maman (blogger mundialmente reconhecida) pensou e telefonou-me ontem, a meio do dia de trabalho, a informar-me, de forma condescendente, que, para cativar a blogosfera, eu tenho de vos contar histórias e abordar assuntos sérios de forma pragmática e inteligente. Maman, sente (fundado) receio que vocês me tomem por pessoa pouco dotada intelectualmente e insiste num rumo mais aprimorado para o meu blog. Certamente influenciada pelo facto de eu agora ostentar este cabelo curto numa onda Zita Seabra - anos 80, Maman tenta impelir-me para uma coisa mais esquerda radical e intervencionista. Um blog sério, com conteúdo e, concede, com umas (poucas) gracinhas pelo meio.
E eu, fiquei triste. Fiquei triste porque também foi Maman que me disse que o meu cabelo comprido me ficava horrivelmente e eu, influenciável como sou, fui a correr cortá-lo, com os resultados que vocês tão bem conhecem. Maman também me disse que os meus óculos eram absurdos e ontem, quando saí do local de trabalho, houve um senhor de uma banquinha (daquelas que tentam angariar dinheiro para as doenças) que, depois de eu recusar contribuir, me disse, por entre risinhos, que gostava muito dos meus óculos. Que eram giros... Fê-lo, claro, de forma cínica e com o objectivo de me humilhar em frente dos meus colegas de trabalho!
No entanto, e como eu quero sempre que a minha Maman sinta orgulho em mim (já que o meu próprio pai me considera irremediavelmente analfabeta, tendo em conta o meu absoluto desconhecimento sobre os aspectos mais básicos da física quântica), pensei que podia ter aproveitado a passada semana para produzir afirmações várias, como, por exemplo:
"- A greve não foi geral porque, como sempre, foi só da função pública"
- "Se eu fosse polícia, tinha-me ido àqueles tipos das mascarilhas logo após o arremesso da primeira pedra, porque não ia apreciar levar com calhaus nas ventas..."
- "Alguém me explica o que é aquela camisolinha azul escura com um debrum branco e umas cotoveleiras, com que o António José Seguro se passeia agora?! Aquilo será da Zara?!"
- E, já agora, aproveitar para voltar a fazer referência à gravata azul eléctrico que o senhor adoptou. O que é aquilo?! Será um animal de estimação?".
Mas, logo após estas breves palavras, apercebo-me que a minha linha editorial Zita Seabra- anos 80, de esquerda radical intervencionista (de cabelo curto e tudo) era capaz de perder alguma credibilidade e fico extremamente confusa e transtornada. E, como estou confusa e transtornada, sinto-me insegura. Sinto-me insegura porque tenho um blog parvo, um cabelo ridículo e uns óculos absurdos que são alvo da chacota dos senhores das banquinhas... e, como cheguei à conclusão que não tenho o que dizer nesta minha nova linha editorial, resta-me aproveitar a ocasião para fazer um pequeno esclarecimento
- Anónimos mauzões, escusam de aqui vir! Quem tem uma Maman assim e sobrevive com o seu ego intacto, desmembra anónimos maldosos (como um exímio talhante), logo ao pequeno-almoço!

13 comentários:

  1. Faça como eu Palmier, abane com a cabeça que sim...e depois vou e faço o que me dá na real gana

    ResponderEliminar
  2. O blogue é teu, escreves o que te apetecer. E nós estamos cá para rir!

    ResponderEliminar
  3. Tough love! Diz que sim, que é preciso. Ainda na semana passada cá esteve uma sumidade canadense a atestar.
    Marta

    ResponderEliminar
  4. http://lifestyle.publico.pt/artigos/313190_porque-devem-os-pais-por-os-filhos-a-chorar
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marta, depois de ler o artigo, tenho que dizer que o coração da Palmier é meu,que o problema não é grave, que estou sempre aqui para apoia-la e que só com os meus ensinamentos ela ainda vai tornar-se uma menina ponderada e estruturada.

      Eliminar
    2. Oh Maman, eu sabia que Palmier só poderia descender de uma Senhora!
      Respeitosamente
      Marta

      Eliminar
    3. Mumy dear... ainda tens esperança? É que, repara... eu já sou praticamente idosa... :DDDD

      Eliminar
    4. Esta maman Rules ;-)

      Go maman :)

      Eliminar
  5. O que seria da blogosfera sem toda esta irreverência !!! Não concordo com Maman, then again, as Mamans são como são... :)

    ResponderEliminar
  6. Maman considera este post digno daquelas reportagens televisivas em que os entrevistados aproveitam para falar da vizinha do lado, do marido que a maltrata e do senhor da mercearia que vende tudo muito caro, porque o governo ainda não fez a estrada que tinha prometido, e sem isso não se pode ir ao médico, que fica 20 Kms de distancia. Além disso, ainda ninguem lhes mandou um psicologo...

    ResponderEliminar
  7. Tenho para mim que o homem da banquinha eram as forças da oposição sob disfarce...

    ResponderEliminar