sábado, 16 de fevereiro de 2013

Filha anda a estudar os castelos na sua pré-primária

E já sabe muitas coisas. sabe que têm meias e pontes elevadíssimas...

7 comentários:

  1. Tem de lhe explicar que sem peias, as pontes elevadíssimas o Governo já lhes deu sumiço.
    E então como é? Um post publicado ontem e nem um comentário?
    Estou mesmo a ver o que aconteceu. Como a moda agora é plagiar, deram todas em fazer trigémios ou foram correr as padarias.

    ResponderEliminar
  2. Nunca se deve ao acordar
    num post vir postar.
    Trigémeos é bem falar
    trigémios é burrice debitar

    ResponderEliminar
  3. E as meias são de que marca? :P

    ResponderEliminar
  4. Histórias da História... agora já não pontes e as meias estão rotas...

    ResponderEliminar

  5. Profunda verdade a da Maria,
    desperta a recordação
    de um povo que comia
    Sem ter de estender a mão.
    Nem a maratona correr,
    para a côdea absorver

    Se não fosse esta incerteza
    que bem sei donde provém,
    Comia, bebia e ia p'rá folia
    E não falava mal de ninguém.
    Erguia-me como por encanto
    e assobiando à benesse
    no melhor carro que tivesse
    punha-lhe a mangueira à boca *
    e despejava o que viesse.
    Não fossem estes governantes,
    nada ingénuos nem decentes,
    punha um sorriso no rosto
    mas os malditos impenitentes
    riem-se é de mim com gosto.
    Quando eu fumava, comia e bebia
    sempre no bolso dinheiro trazia.
    Agora, apelando à imensa caridade
    Só o recurso de correr à Padaria.
    Já vou com ela fisgada
    e correndo como um esganado
    passo também pela Leitaria.
    Se não tivesse sido enganado,
    qual malefício ou praga rogada,
    ficava no quentinho duma sala,
    e sem vos perguntar o que via,
    olhando pela vidraça da janela,
    ria com gosto de quem corria.

    (*) do depósito.


    ResponderEliminar
  6. Então as meias não são da Zara?! Ainda hoje lá estive e vi meias com castelos.

    ResponderEliminar