domingo, 22 de julho de 2012

Balanço do fim-de-semana

Esta noite dormi muito mal. Não sei bem dizer se foi do excesso de silêncio que se ouve nos campos (ao qual não estou habituada), se foi pelo facto de ter uma camisa de noite encarnada. 
Alto lá aos libidinosos que já me estão a imaginar com um baby doll curtinho e cheio de rendas (La Perla, é certo), acompanhado com umas soquinhas carmesim de penas de pavão. Desenganem-se. Devo, desde já, esclarecer que a minha camisa de noite encarnada tem estampada uma Miffy. 
- O quê... Não sabem quem é a Miffy? 
Ignorantes!
- É a prima da Kitty. Da Hello Kitty, para ser mais precisa.
Ahhhh estão para aí a torcer o nariz... Se não gostam, o problema é vosso... Filha adora e diz sempre que estou muito gira. Querido consorte, por seu lado, não diz nada. Deve ser por ficar hipnotizado perante tamanha beleza.
Bem... voltando ao assunto. 
Já aqui há uns anos tive uma camisa de noite encarnada. E, também com essa camisa de noite, tinha imensos pesadelos. Reparem, eu gosto de encarnado e, de vez em quando, até compro alguma roupa encarnada. Acontece que nunca a visto. Não sei porquê... mas não consigo. Há forças superiores que me impedem.  O facto de ter sido um camaleão numa encarnação anterior também não ajuda (é por isso que consigo apanhar moscas em pleno voo com as minhas mãozinhas. O Obama fez um MBA comigo antes de dar aquela entrevista). Não sei se sabem que os camaleões têm horror de encarnado. Não sabem com certeza... porque vocês nunca sabem nada e eu tenho sempre de perder imenso tempo a explicar tudo. Um Inferno, é o que é... Mas pronto, tenho de ser paciente e fingir que me preocupo convosco. Eles têm medo porque não conseguem ficar encarnados e, como tal, não se conseguem camuflar. Começam logo a recuar e a fazer aquela cara de medo, com a boca aberta. Sabem? Que estupidez... Claro que não sabem... Eu mostro, pronto...


Lá estou eu a desviar-me do assunto... mas a culpa não é minha. É da vossa ignorância e do facto de me estarem permanentemente a interromper. Voltemos ao que interessa, para ver se é desta.
Ontem à noite, dormi com a dita camisa de noite encarnada e passei a noite a sonhar que me tinha esquecido de fazer uma cadeira na faculdade. Não compreendia como é que tal coisa tinha acontecido sem que eu desse conta, mas, na verdade, no meu sonho, eu não tinha acabado o curso porque me tinha esquecido de fazer Direito Internacional Privado (Blhaaaaaaaac, não devia estar boa da tola para ter tirado tal curso. Sim, sim... calem-se lá... um dia falo-vos sobre isto...). 
A verdade é que acordei horrorizada com a perspectiva de ter de voltar para a faculdade para fazer DIP e angustiada com a possibilidade de poder ser despedida por ter aldrabado a minha entidade patronal no que respeita às minhas habilitações académicas. Mas depois... enfim... depois, lembrei-me de Miguel Relvas e nos pesadelos que ele deve ter e fiquei muito mais tranquila e, diria até, satisfeita.


4 comentários:

  1. Gémeas!
    Essa coisa do vermelho acontece comigo também!
    Eu explico-te o pesadelo; gémeas que somos não consegues deixar de te preocupar com o trabalho final que tenho em mãos, que me consome a alma, o corpinho, os miolos, tudo, e que será entregue amanhã!
    Ps-enquanto me lembrar desta não há cá mais pós graduações para ninguém!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahhahahahahhahaha também te acontece?! É estranhíssimo... eu gosto das coisas e, depois, puff... ficam ali a marinar porque é impossível vesti-las.
      Ja entregaste? Correu bem? Conseguiste acabar tudo? Conta tudo!

      Eliminar
  2. Pois deve coitado...a Miffy deve estar a comê-lo vivo todas as noites...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem... não sei se isso é bom, ou mau.... :DDDDD

      Eliminar