segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Ainda por causa daquilo dos títulos dos livros...

(E numa tentativa desesperada de fazer o Tolan esquecer as minhas palavras irreflectidas) achei que uma apresentação glamourosa era muito importante e que, assim, ficava mais apelativo, humano e cheio de vida...


17 comentários:

  1. Respostas
    1. Palmier, não precisas de publicar o que aqui vou escrever.

      Quero só avisar-te que essa "Ovelha" é a tal cobra sobre quem se escreve hoje no Quadripolaridades. Fala mal de tudo e todos mas depois anda em todos os blogs como se nada fosse.

      Já reparei que a Sexinho se dá bem com ela. Mas convinha saber que peça ela é.

      Desculpa este comentário

      Eliminar
  2. Quem é que disse que se não pode modernizar os clássicos ????

    ResponderEliminar
  3. A Casa de Bonecas estava mais para Ibsen que para Tolstoi... ;)

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Eu sabia que ias adorar! Quando o teu livro sair, eu ofereço-me, desde já, para fazer uma produção fotográfica igualmente magnífica! :D

      Eliminar
  5. Palmier eu estaria à espera de ver aí um Nabokov. Pobre Lev para o que esta a reservado.

    ResponderEliminar
  6. Muito bem. Melhorou um pouco, que até poderia ser muito, não fosse o despudor da loiraça lá de cima à esquerda com a sua despropositada pose nada consentânea com a elevação do post.

    (A jeito de corolário)
    Aconselha-se a essa descontextualizada das grandes causas, a leitura urgente da Paula Bobone

    ResponderEliminar
  7. Muito bem =)

    Tenho a mesma edição, essa dupla de tradutores é uma maravilha.

    ResponderEliminar