terça-feira, 17 de setembro de 2013

Dúvidas, a minha vida está repleta de dúvidas…

Não percebo por que razão sou a única alma do blogo-mundo que não recebe e-mails. Logo eu, uma pessoa tão esclarecida, uma pessoa que podia ajudar tanta gente e, vai-se a ver, não me entra um único e-mail na caixa do correio, nada, zero. Uma pessoa mete a chave na fechadura ferrugenta da sua caixa do correio, abre a tampa com jeitinho e, lá de dentro, em vez de um mar de dúvidas a precisar de ser esclarecidas, de perguntas de gente que precisa de auxílio, de um rebanho a precisar de ser encaminhado pelo meu cajado, sai um lamento em forma de uivo, uma corrente de ar, uma nuvem de pó. A minha caixa de correio é uma casa vazia, uma casa de chão de pedra polida, daquelas sem tapetes, que fazem eco. E isto, pessoas, para além de incompreensível, é coisa para me deixar extremamente desgostosa… porquê?! Por que é que eu não tenho uma caixa de correio pipoqueana cheia de declarações apaixonadas a precisar de ser acalmadas?! Não tenho leitoras desesperadas para saber a minha opinião sobre a sua vida amorosa?! Não tenho uma Tânia a pedir-me para a salvar das suas calças de padrão?! E, por fim, porquê… por que é que não tenho uma única leitora ávida para saber em que loja eu comprei o arbusto em que pequena Cutxi se empoleirou no fim-de-semana, permitindo-me, dessa forma, desenvolver o tema em posts subsequentes!? É que isto, pessoas, fiquem sabendo que é muito grave! Isto, pessoas, é discriminação por omissão, é um crime previsto e punido no nosso Código Penal! Pior... isto é uma violação da lei fundamental do país! Assim sendo, espero bem que se sentem num cantinho a reflectir sobre os vossos deveres, já que eu, pessoa com direito à igualdade de oportunidades e de tratamento, desde já aviso que, caso não mudem de atitude, serei obrigada a dar-vos um grandessíssimo tau-tau com o artigo 13º da Constituição da República Portuguesa! Estamos entendidos?!




31 comentários:

  1. Não estás só Palmeir. Não fosse a meia dúzia de comentários que lá vão parar, e a minha caixa seria um deserto. Parece que até estou a ver aquelas cidades fantasma dos filmes de cowboys, com os rolos de palha a rebolar rua abaixo, as portas do saloon a bater...

    ResponderEliminar
  2. se mostrares a cara vais ver que te mandam emails. sabes... isso deve ser porque o teu blog não faz concursos ou não oferece coisas, senao acredita que receberias muitos emails ;)

    http://adoninhafedorenta.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Ter o endereço de mail no blog era capaz de ajudar! :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Atão" não tem endereço? Tem pois! Aqui está ele: palmierencoberto@gmail.com

      Palmier, Palmier! Muita calma nesta hora! Prometo que arranjo já uma dúvida para me esclarecer. Mas veja lá, depois não venha com desculpas de que não consegue dar vazão a tantas dúvidas fundamentais...

      Eliminar
    2. Ufa... acho que vou ter de me despedir do meu trabalho... isto é coisa para me ocupar o dia inteiro! :DDDD

      Eliminar
  4. Preciso de ajuda para descobrir a cura para a estenose do canal lombar? Pode ajudar ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah! Finalmente uma questão que me permite desenvolver os meus profundos conhecimentos da medicina! Infelizmente, terei de receitar a abolição total dos saltos altos e, como tal, presumo que não volte a socorrer-se dos meus préstimos... :DDDD

      Eliminar
    2. Infelizmente até já a tal me sujeitei e ainda não me curei

      Eliminar
  5. Tenho imensas dúvidas, nem sei por onde começar... talvez de onde vimos e para onde vamos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem... há muito, muito tempo, deu-se o big bang, uma explosão cósmica que transformou o nada no universo. Desde esses tempos que o universo se tem vindo a expandir de forma gradual e constante e, agora, coloca-se a questão: Será que, chegados ao ponto máximo, ele regride? Ou expande-se até se perder dele próprio? Há várias teorias... :DDD

      Eliminar
    2. Mas a menina acha que eu percebi alguma coisa do que escreveu acima??? Big bang?? explosão cósmica??? expandir??? regride??? A minha cabeça vai explodir!

      Eliminar
    3. Podemos sempre falar de sapatos! :DDDD

      Eliminar
  6. A questão que se impõe: Em que loja é que compraste o arbusto onde pequena Cutxi se empoleirou no fim-de-semana? Quero imenso um igual para me empoleirar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahhahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahha

      Eliminar
    2. Aqui está uma bela questão.

      Eliminar
  7. Yes! Finalmente Palmier e uma 'Adviser'
    Lembras-te de um Outfit de piscina que 'postaste' há muuuiiitttooo tempo? Lembras? Um vestido igual a barra da piscina, lembras? Preciso de um igual para condizer com a piscina da minha amiga onde vou domingo fazer um pic nic de pasteis de bacalhau e croquetes. Ajudas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro! Posso sorteá-lo através de um passatempo! :DDDD

      Eliminar
  8. Bom, na realidade tenho uma questão pertinente há imenso tempo entalada...mas tive vergonha de perguntar com medo que me achassem uma fashion-excluída. Cá vai: onde é que posso comprar uma betoneira igual?

    ResponderEliminar
  9. Não seja por isso, abro já aqui as hostilidades com um consultório sentimental. Ontem o mê home espirrou. E deitou-se à hora do costume. Estará a perder-se a magia da relação? Estará a nossa relação a cair na rotina? Devo por mais sal na sopa? Deverei partilhar mais com ele, em conversas profundas sobre os meus sonhos e anseios? Sei lá, tanta questão, tão pouco tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Izzie, Izzie... o teu caso é extremamente grave! Tens de acender umas velas, daquelas com cheirinho a baunilha, melancia e hortelã-pimenta, espalhar pétalas de rosa do hall de entrada até ao quarto e, quando ele for a entrar, saltas de trás da porta com uma camisa de noite super boho-chic e, se ele sobreviver ao susto, garanto-te que se dá a magia! :DDDDD

      Eliminar
    2. Ahahahahhahhahhahha

      Eliminar
  10. Querida Palmier, espero que esta a encontre de perfeita saúde. Nós por cá todos bem.Eu trago a fisga no bolso de trás, o que quer dizer que ando ela fisgada e é uma desgraça no que toca a prazeres com um amor negro e doce, que me acarinha à noite quando me deito e ( se ainda comigo após várias movimentações nocturnas) de manhã quando acordo. É húmido e suave, e apesar de saber que é um pecado capital, não lhe consigo resistir : Quebro-lhe avidamente a resistência, sorvo-lhe a seiva, como-lhe a cereja... é a loucura total. Isto tudo com o Marido deitado ao lado, a dormir tranquilamente p sono dos justos... sinto-me dividida, sofro... o que fazer ?
    Aguardo a sua resposta na volta do correio.'Gradecida.

    ResponderEliminar
  11. Palmier, diga-me por favor, como fazer para levar uma filha a mandar arranjar a minha Bimbi, que lhe confiei há mais de um ano e que até lhe serviu para fazer posts do marido com 2 bimbis? Diga-me Palmier!!!!

    ResponderEliminar
  12. eu para não me sentir só e rejeitada na minha caixa de email
    decidi aderir aqueles que enviam promos, seja de roupa, de cabelo, etc
    assim só para me sentir importante

    ResponderEliminar
  13. Querida Palmier,
    Tenho um gato lindo de morrer, digno de ser uma blogo-estrela. Tento, por tudo, fazer sessões fotográficas, como as que faz a nossa Diva Cutxi. Mas ele não quer cooperar. Olha-me com desprezo e vai-se embora. O que hei-de fazer? Como devo convencê-lo a querer ser uma blogo-estrela? Só tu me podes ajudar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gatos não dá, Desterre o gato e arranje uma cadela. Ou um cadelo se for da marca do Manolo ou do Pirata.

      Eliminar
  14. Sabe porque ninguém lhe pede opiniões sobre moda? Porque todos vimos aquele fato preto e branco largueirão meio-quadrados meio-bolas e amarrotê!

    ResponderEliminar