sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Palmier... sempre a marcar pontos!

Nem no Carnaval Palmier dá tréguas e, de uma só penada, pica todos os segmentos do blogomundo. Assim, para os freaks dos pratos Gourmet, temos o Chef José Avillez, numa linha mais intelectual-snob-chic, temos Fernando Pessoa. Eu? Eu estou mascarada de fashionista... como, aliás, em todos os outros dias do ano...  




21 comentários:

  1. Mascarar o filho de Pessoa é do melhor que já vi.

    ResponderEliminar
  2. E para o ano, mais crescidinho, já poderá ir de Bocage. Aí é que vão ser elas...
    (Estão passáveis... Vá..)

    ResponderEliminar
  3. Isto é um delicioso manjar em prosa poética ! Lindos, lindos, lindos, lindos, lindos :):):):):):):):):)
    ( era de valor levar o pequeno para o emprego e pô-lo a recitar " O Mostrengo") - Só aplausos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :DDDDDDDDD E até sei a quem é que o punha a recitar O Mostrengo... :DDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. :DDDDD E eu sei quem encenava...

      Eliminar
  4. Adoráveis! Sinto-me tão mainstream. A minha foi de Rainha Elsa.

    ResponderEliminar
  5. Oh... mostra-nos também a tua máscara, não podemos perder isso.

    ResponderEliminar
  6. Pois lá está... Isto as coisas são como são e cada um é para o que nasce. O teu vai de Pessoa já o meu... Enfim, nem quero que se me lembre... Isto de terem de se fazer à vida com o património genético que lhe foi dado é muito injusto...

    ResponderEliminar
  7. Pfff. A improvisar fatiotas de carnaval, onde é que já se viu? Ainda se fossem daquelas que se vendem em todo o lado, iguais às de mais mil e um miúdos... Sinceramente, tsss tsss tssss.

    ResponderEliminar
  8. E andou o dia todo a recitar poemas? Isso sim era de valor.

    ResponderEliminar