segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Lembram-se daquela situação do meu pai querer comprar um carro racing amarelo saia da Neuza?

Esta situação que aqui vos relatei num momento de desespero, estão recordados? Pois bem, na altura, e depois de uma ligeiríssima pressão familiar, o meu pai foi obrigado a cair em si e, muito contrariado, acabou por comprar o dito carro, mas em preto. Acontece que aqui há uns dias o meu pai foi deixar o carro à oficina, só que em vez de o ir deixar à oficina da marca, coisa que faz sempre, derivado do seu amor profundo às viaturas, foi deixá-lo a uma oficina indiferenciada. Muito estranhou a minha Maman tal facto, pelo que empreendeu de imediato uma aturada e profunda investigação sobre o estranho caso da escolha da oficina, cujo relatório preliminar - posso já avançar em primeira mão-, aponta para a seguinte conclusão: o carro racing preto foi para a oficina indiferenciada já que, na oficina da marca, se recusaram a pintar as jantes de amarelo saia da Neuza...


36 comentários:

  1. Se O teu pai quiser, conheço uma excelente oficina de pintura.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quer dizer... nós a tentarmos conter estas loucuras e tu cheia de connects a incentivar! :D

      Eliminar
  2. Pipocante Irrelevante Delirante28 de novembro de 2016 às 11:00

    Recomendo um exorcista

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahhahahahhahahahahahahahahahahhahahhahahhahahhahahahahahahhahahahahahahahahahhahahahhahahhahahahahahahahahahahahhahahahhahahahahahahaahhahahahahahahahahaahhahahahahahahahahahahaha

      Eliminar
  3. Se quiseres resolver essa situação no imediato, tenho a solução. Empresto-te macaquita por uns dias, ela teima em fazer um jogo completamente parvo sempre que vê um carro amarelo que consiste nisto, vais a conduzir ou estás sentada a beber um cafézinho e de repente sentes uma pequena manápula a atingir-te em cheio na testa, seguido de um grito "CARRO AMARELO!"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez a aceite e a empreste ao meu pai! :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. Bé, cá em casa jogamos ao carro amarelo há que tempos. E não é nada parvo, ora essa! Sinceramente pensei que tínhamos sido nós a inventá-lo. E se calhar fomos, e já se disseminou...pergunta a macaquita ONDE aprendeu.

      Eliminar
    3. Caixa eu jogo o carro amarelo há mais de 27 anos. Tenho 30 e desde que me lembro de ser gente era assim que os meus pais me entretimento nas viagens para Lisboa! (Somos do Porto com família desterrado a Sul!)

      Pippa

      Eliminar
    4. A sério?! Há 30 anos havia carros amarelos...?

      Eliminar
    5. (Xaxia... é óbvio que havia!... o carocha amarelo do meu pai...)

      Eliminar
  4. Ó Palmy, coitadinho do senhor, já que não o deixaram comprar o carro daquela cor, ao menos deixem o senhor pintar as jantes!
    DEIXEM!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nós não temos palavra a dar! A coisa já está em curso! Fomos ludibriadas! :DDDDDDDDDDD

      Eliminar
  5. Ahahahahah! Mais vale um gosto na vida. ..pensa o Pai... ;-)

    ResponderEliminar
  6. Oh pá...............

    Papá de Palmier, não faça isso, por Zeus!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que já está em curso, Mi... :DDDDDDDDDDDD

      (só se ficar com duas jantes pintadas e duas por pintar... :DDDDDDDDD)

      Eliminar
    2. Ainda se fosse o pneu suplente...
      Raios, o carro de papá não tem pneu suplente!

      Eliminar
  7. ahahahahahahaahahah
    ahahahahahahahahahah

    (e a porta de casa? também está amarela?)

    ahahahahahahahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E uma fotografia, hum? Das jantes e do portão a fazer matchy matchy? Aguardo ansiosamente...

      Eliminar
    2. A minha Maman prometeu enviar reportagem fotográfica assim que o carro regressar :D

      Eliminar
  8. Bem, parecerá um carro de homenagem às vespas, pelo que será apreciado pela cultura hipster-nerd ;).

    ResponderEliminar
  9. Anda um pai a criar uma filha para depois ser denegrido em plena blogoesfera...
    O senhor tem idade para ter o carro da cor que quiser. Ou, pelo menos as jantes.
    Não se faz :))
    Estou com o seu pai.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece impossível! Anda uma pessoa aqui a entreter-vos e, à primeira oportunidade, espetam-me uma faca nas costas! :D

      Eliminar
  10. Bom assim evita usar um colete reflector em caso de necessidade, uma vez que o carro fica bem assinalado, sempre.

    ResponderEliminar
  11. Devias deixar as pessoas expressarem-se livremente!!!

    ResponderEliminar
  12. Acho maravilhoso! O seu pai que faça o que entender com o seu carro! Somos um pais muito classico em algumas escolhas! A cor da alegria! E umas jantes sao apenas isso mesmo!

    ResponderEliminar