quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Mau, então afinal os piolhos não nadam, só se arrastam?!

Terá sido por isso que o meu piolhinho ficou inanimado e extremamente inerte depois daquele mergulho?! Coitadinho, querem lá ver que o afoguei?!...

17 comentários:

  1. Vou fazer queixa de ti à SPA. É inadmissível, deixar morrer o pobre piolhinho sem sequer lhe teres tentado dar respiração boca a boca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hey! Eu fui enganada pelos blogs! Disseram que eles sabiam nadar! Não tive culpa! :DDDDDDDDDD

      Eliminar
  2. Rástaparta o raio das bloggers que não pesquisam como deve ser... E seguidor que é seguidor, segue cegamente (ufa! até fiquei cansada...) e mata os pobres dos bichos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que é caso para pedir uma indemnização! :DDDDDDDDDD

      Eliminar
  3. é importante mantê-los protegidos de eletrocussão e de localizadores manhosos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qualquer dia põem chips aos nossos queridos pets! :DDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. isso seria um piolho incrustado num chip!

      Eliminar
  4. As coisas que eu aprendi aqui ! Os piolhos pertencem então à classe dos arrastejantes. Vou já informar os meus porque acho que eles nã sabem :):):)

    ResponderEliminar
  5. Acabei de ver o post sobre o mesmo tema no Pipoco. Aquele tipo mata-me, tá genial.

    ResponderEliminar
  6. Dona Palmizinha, conte lá o que lê nestas férias de Algarve?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então, li o Senhor das Almas, da Irene Nemirovsky (agora estou a ler o David Golder) e o Aberto toda a noite (David Trueba) :)

      Eliminar