quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Palmier aconselha: não usem os vossos familiares como modelos, que eles nunca se acham suficientemente favorecidos



Título: Era uma vez (a terrível história do corvo ladrão)
Acrílico s/ tela
Dim: 130X130cm 

30 comentários:

  1. ADORO ! O melhor de sempre :)

    ResponderEliminar
  2. "gandas" pernocas tem o pessoal da família Palmier...

    ResponderEliminar
  3. Como é óbvio Papá Enconerto gostava de ser ver retratado com umas pernas de CR7. É natural que fique desapontado com as pernas branquelas que lhe deste ;DDDDDD

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Completamente! Estão belíssimos!

      (não sei se reparaste que isto se passa no porão do teu navio! :D)

      Eliminar
    2. (Se eles se continuarem a queixar, chamo o Andrimhinir!)

      Eliminar
    3. Claro que reparei. Esses sofás de design, se não tivessem sido roubados ter-nos-iam custado uma fortuna!

      Eliminar
  5. A mini encoberta tem uma mão muito grande e o tronco curto para umas pernas tão compridas. Adorei os pelos das pernas do avô.

    ResponderEliminar
  6. Mas que pintura fantástica ! Não digo que todas as outras não estivessem excelentes, mas esta está soberba.
    A Paula Rego que se cuide ... e bem... :)

    ResponderEliminar
  7. A melhor de todas Palmy. Está fantástica :)

    ResponderEliminar
  8. Palmier está fantástico! Como sempre!

    (mas a miúda tem pés e mãos mais pequenas!já os olhos estão fantásticos!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É porque está a crescer e vai ser muito alta! :D

      Eliminar
  9. Para mim a melhor até hoje :) principalmente pelo momento entre avô e neta.

    ResponderEliminar
  10. Adoro! Tenho uma curiosidade, estas suas criaçoes sao um dom ou teve alguma formaçao?? Tem um enorme talento! Ja tinha demonstrado ser muito criativa. Mas nem sempre a criatividade anda a par da capacidade se fazer coisas! Muitos parabens e obrigado pela partilha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tive umas aulas de pintura há uns quinze anos, que foram importantes, sobretudo, ao nível de experimentação dos vários meios (carvão, acrílico, pastel, óleo...). E para perceber que as coisas não começam acabadas :)

      Eliminar
  11. Pode parecer algo picuinhas mas eu punha os calções do avô um pouco mais compridos. A primeira vez que vi a imagem foi a miniatura no telemóvel e pensei que ele estivesse só de tshirts, para ser sincera.
    Mas adoro a cara dele e gostei imenso do quadro, normalmente as suas pinturas têm sempre qualquer coisa de perturbador, um elemento de tensão, e esta é só ternura :)

    ResponderEliminar