quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Porque a vingança se serve gélida e porque os homens são tão fáceis de ludibriar...

Depois de ter sido abandonada pelo dueto cônjuge + colega de trabalho, eis que arquitectei um plano extremamente maquiavélico para o receber. Ora atentem, então, na minha elaborada estratégia:
Peguei num saco de uma sofisticada marca de lingerie que aqui tinha em casa e zás, atirei-o estrategicamente e de forma displicente para cima da cómoda do quarto. Depois... depois, foi só aguardar...
Hoje de manhã (que, ontem, nem dei pela chegada) enquanto se arranjava, cônjuge olhou em seu redor e, de repente, deu de caras com aquele saco do Demo. Confuso e praticamente com falta de ar, perguntou:
- O que é aquilo?
- Nada, nada... foram só umas coisas que comprei…
Pergunta expectável:
-Quando?
- Anteontem, acho…
-Porque é que foste comprar ESSAS coisas, se eu não estava cá?
- hã?… hum... porque… porque sim...

Cônjuge está, agora, furioso e eu… bem… eu estou feliz!
É assim que revelo orgulhosamente ao mundo esta minha faceta extremamente vingativa... cá se fazem, cá se pagam... 

16 comentários:

  1. Boa! O que eu me estou a rir! Como o meu faz turnos de 24 horas, qualquer dia faço-he uma do género!

    ResponderEliminar
  2. Mas, mas, mas...Palmier, isso é contrapruducente.
    Então e a máxima: se ela anda a comprar lingerie para ir ao pão quando eu não estou cá...não deve ser só para ir ao pão!
    Logo - equidade moral! Yay!

    Não pode Palmier. Eles quando querem fazem de qualquer forma, mas ao menos que se sintam mal o suficiente para te darem presentes caros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas... Rosa Cueca... se eu tivesse alguma dúvida quanto à honestidade dele (claro que posso estar redondamente enganada…), não o teria deixado voltar a entrar em casa (com ou sem presentes caros :D)... Só que… não gostei… pelo que, teve de ser severamente castigado…

      Eliminar
    2. Cueca aprova algum sarcasmo marital, há que manter um certo sentimento és-parvo/a-mas-gosto-tanto-de-ti.

      Eliminar
  3. Sabe bem pensar no que eles ficarão a remoer o dia todo eheheh...

    ResponderEliminar
  4. A sério? A sério que fizeste isso? Muito bom, tens que partilhar mais dicas, sou péssima nessas estratégias.

    ResponderEliminar
  5. ah ah ah! E eu a pensar que o desfecho ía ser ele a ficar entusiasmado e a salivar só de ver o saco, que afinal teria rabanates lá dentro ;)

    ResponderEliminar
  6. Que mazinha! o homem a esforçar-se para que não falte nada em casa, até procura mercados lá fora que aqui dentro já não há e depois recebe isso?!!!Somos mesmo umas marias queixosas.

    ResponderEliminar