sábado, 24 de agosto de 2013

Sim, assumo, estou viciada no jogo.

Porquê?! Porque é que eu vi a aplicação, com o aviso explícito que era viciante e, ainda assim, ou exactamente por causa disso, fui a correr jogar?! Porquê senhores, por que razão me fui colocar nesta situação degradante de ter de dizer aos meus filhos que aquele jogo é só meu, de ter de suplicar, praticamente de joelhos, para não jogarem, para deixarem as vidas todas para mim?

17 comentários:

  1. Respostas
    1. O que nos havia de acontecer!
      Ahaahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahhaha

      Eliminar
    2. Caramba houve una altura em que qualquer pausa me servia para um joguinho, aquilo é do pior, já estou melhor obrigada.
      (Nível 410....)

      Eliminar
  2. Eu ando mesmo dormente... É que nem sei que coisa será Candy Crash.... Mas talvez seja melhor nem saber....

    ResponderEliminar
  3. Palmier, desculpe o atrevimento da pergunta, mas o seu blog mudou a linha editorial? Não que não goste assim - adorei o post sobre as salas de visitas dos seus avós - mas falta aqui qualquer coisa. As Bolas de Berlim estavam estragadas, está visto.

    ResponderEliminar
  4. Depois do Farmville há uns anos valentes aprendi a lição; nunca mais me aproximei de qualquer um desses jogos!
    Era desesperante!
    Ele era o dia todo a plantar, a semear, a apanhar os ovos, a mungir as vacas e o diabo a quatro!
    Nunca mais!

    ResponderEliminar
  5. Sou rara, não caio em tentação e em nada me diz esses jogos, sei que existem mas nunca os vi :-)

    ResponderEliminar
  6. Haja Deus, afinal não sou só eu.... :D

    ResponderEliminar
  7. O meu nome é Sandra e estou viciada em candy crush, encontro-me neste momento no nivel 102...lol

    ResponderEliminar