domingo, 26 de outubro de 2014

E depois a pessoa põe-se a ler o jornal

E, perante a saga Espírito Santo, a pessoa não consegue deixar de continuar a ter aquela sensação de choque e estupefacção, sensação de alguma forma aparentada com a que tem sempre que revê as imagens dos aviões a entrar pelas torres gémeas adentro.

3 comentários:

  1. Sim, é a analogia perfeita. É um 11 de Setembro.

    ResponderEliminar
  2. Às vezes mais vale nem equacionar muito...

    ResponderEliminar