quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Em verdade vos digo


Que depois há aqueles blogs cujos bonecos resolveram atirar bolas de ténis e que, não obtendo resposta, desatam a dispará-las para todo o lado e com toda a força. Estamos nós muito descansadas no nosso blog, mantinha de cor taupe sobre os joelhos, um livro nas mãos, relógio Eletta Bike no pulso e a lareira a crepitar, quando, de repente, zás, nos entra uma bola de ténis pelo vidro adentro, cacos por todo o lado, um grande alarido, cuidado para não se cortarem, vou já buscar uma pá e uma vassoura e, quando a pessoa se levanta, atarantada, para ir à despensa, convencida de que foi engano, que aquela bola não era para nós, passa pela janela e vê lá fora, do outro lado da rua, as luzes a acenderem-se uma por uma, e as nossas fellow-bloggers a aparecerem também elas às janelas dos seus blogs, também elas com os seus vidros todos partidos, e é nesse momento que reparamos no boneco lá fora, na estrada, aos saltinhos, em aquecimento, raquete na mão, daquelas antigas, de corda, pronto para arremessar o conteúdo do seu balde de bolas contra todas as janelas de todos os blogs, a preparar mais um passing shot, daqueles lançados a trezentos quilómetros por hora, na esperança que alguma jogadora se apresente a jogo. E aí a pessoa encolhe os ombros resignada e, em vez de ir varrer aquela trapalhada, vai preparar um chá de camomila que leva com desvelo até à rua, chama o boneco com voz doce, pede-lhe para se sentar ali ao seu lado, no passeio, passa-lhe a chávena fumegante, cuidado que está quente, e, por entre uns golinhos calmantes, diz-lhe que está tudo bem, que a pessoa é amiga, que o pior já passou, pronto, pronto, umas palmadinhas nas mãos, que a pessoa leu nos livros que o problema não é ele, que o problema somos nós, que na verdade achamos que é um bocado... pausa para respirar fundo que há-de ser a primeira e a última vez que a pessoa utiliza esta palavra... mas pronto, lá vai... achamos um bocado, e aí a pessoa hesita, baixa os olhos e o tom de voz e diz, praticamente a sussurrar, que achamos um bocado parolo jogar blogo-ténis. É que, em verdade vos digo, agora já só se joga blogo-paddle.







41 comentários:

  1. Gosto tanto de ti, Palmy.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. <3 <3 <3

      (porque eu posso fazer hieróglifos! :DDDDDDDDDDD)

      Eliminar
    2. Gosto mesmo. E obrigada pela resposta, ainda que eu te comente sob anonimato.

      Eliminar
  2. Ahahaha! Post com 'melhor ar' não deve haver! Bem haja :)

    ResponderEliminar
  3. Ah Palmy, a zangar assim os blogo deuses, isto hoje ainda vai cair blogotrovoada.

    ResponderEliminar
  4. Olha, eu ia só a passar e assim de repente não percebi nada, não percebo nada, e acho que não perceberei nada do que se está a passar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Outra aqui a apanhar bonés. Alguém que elucide sff.

      Eliminar
  5. Pronto, Palmier, lá conseguiu despertar a minha atenção...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Resta saber-se para que propósito.

      Eliminar
    2. Ah... percebo então que, se andava distraído com outras coisas, as bolas maléficas não eram para mim...

      (fico bastante mais satisfeita ;)

      Eliminar
    3. O pior vai ser arranjar o vidro... é que mesmo sem querer, ficou neste estado...

      Eliminar
    4. Palmier, acordaste o Blogo Deus... Eu não te disse? Agora vem aí uma borrasca daquelas! Já ouço os trovões ao longe.

      Eliminar
    5. Eu quero saber é quem é que me vai pagar o vidro! :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    6. Não te ouve, em calhando já adormeceu outra vez... Já se sabe, as pessoas a partir de certa idade dormem muito.

      Eliminar
    7. Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahhahahhahahaahhahahahahahahahahahhahahhahahhaha
      E o vidro, Xaxia?! É que isto custa para cima de um dinheirão! :DDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    8. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

      É ao contrário, criatura, os velhos dormem pouquíssimo. Desconfio que seja para não perderem as consultas no posto médico.

      Eliminar
    9. Participa ao seguro, Palmier, sempre há-de ser mais certo.

      Eliminar
    10. Filipa, tooooda a gente sabe que os velhotes passam a noite acordados porque dormitam tooooodo o dia.

      Eliminar
    11. Olhe que não, xaxia. Olhe que não!
      A mim bastam-me duas, três horitas por noite.
      Fie-se nisso e depois as desgraças acontecem.

      Eliminar
    12. Errado. Durante os dias andam de transportes públicos, fazem filas jeitosas na farmácia e apreciam as passadeiras, sem contudo, as atravessar.

      Eliminar
    13. Eu estou a falar do tipo de velhotes que dormitam em Conselhos de Admnistração do Blogo Olimpo!

      Eliminar
    14. Ahhhhhhhhh! Os que olham para as blogo miúdas com bom ar, com cara de lobo mau?

      Eliminar
    15. Só para as que escrevem administração.

      Eliminar
    16. Filipa, até parece que nos cruzamos com os mesmos velhotes! :P

      Eliminar
  6. Foi um prazer ler estas linhas Palimier. Foi muito bom. Apanhaste no ar, qual bala/bola perdida, o espírito da guerra que grassa na blogo-vida.
    Nice to meet you.

    ResponderEliminar
  7. Na verdade, eles estão sempre a jogar blogo-ténis. Às vezes até parece que só alimentam os respectivos blogues para isso.

    Se isso é parolo. Provavelmente sim. Mas isso é lá entre eles.

    ResponderEliminar
  8. Ó Palmier. Deixe pra lá os vidros estilhaçados que não é nenhum drama. Menos umas botas pela cintura, aproveita e reforça todo o envidraçado por material à prova de bala, e já tá.
    O pior foram os danos colaterais provocados à pequena Cutxi que ia toda lançada na sua promissória carreira de blog-fashionista, que agora vê seriamente ameaçada. Isso é que é grave.
    Não sei não se não ponderará seriamente se vale a pena, ou se compensa o brilhantismo do estrelato pelo risco de uma bola perdida.
    Isso é que é dramático

    ResponderEliminar
  9. Acompanho o teu blog há pouco tempo. E gosto. Mas com posts destes... valha-me a santa, não percebo nadinha :D

    ResponderEliminar
  10. Mas é necessária a minha intervenção? Quanto são? Hã?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh pah.. eu acho melhor! É que os prejuízos são avultados! :DDDDDDDDDD

      Eliminar
  11. Pois que ando um dia fora da bloga e chego aqui e deparo-me com queixas sobre um vandalismo mal bolado, e fico á nora, como habitualmente. Suspeitas, só suspeitas...que aflição, caramba !!! Quero factos! Vou cuscar por aí...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto, já encontrei... Nada de novo, portanto... Consequências da falta de assunto..., só proles, paroles, paroles....

      Eliminar
    2. Uma ajudinha que eu ainda não cheguei lá :)

      Eliminar
  12. :DDDDD
    Excelente cara Palmier, excelente.
    Não há nada como um abraço amigo para quem precisa (e um cházinho ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A falta de chá aparentemente pode ser muito mais devastadora do que poderia sequer cogitar, caro quiescente :)

      Eliminar
  13. Olhe, menina Palmier, tarda nada ainda me diz que tenho a culpa, não?
    Uma mulher ainda se reserva o direito de escolher ir a jogo ou passar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em calhando ainda vou aí pedir o reembolso do meu vidro! :DDDDDDDDDD

      Eliminar
  14. Gosto de ti e da pipoca picante :) mas tenho q andar nos anónimos pq se no blogocoiso Olimpo das mães descobrem...levo uma bolada.

    ResponderEliminar