segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Palmier faz serviço público e desvenda o final trágico de Ulisses

Eles já estavam há tanto tempo no mar, mas tinham esperança, já se avistava ao longe Ítaca. Finalmente chegaram, Ulisses estava feliz, queria correr para casa, abraçar Penélope, estar com Telémaco e rever o seu cão Argus! Mas quando chegou à sua querida e amada casa viu o pior, ia morrendo de tristeza, Penélope voltara a casar, Telémaco associava o novo marido de Penélope a sua pai, e Argus, o seu adorado cão, morrera anos antes.
Ulisses nem sequer entrou em casa, foi logo ao templo de Ítaca, de cara tapada para não ser reconhecido. Quando chegou ao templo fez uma reza, convocou Atena, pediu-lhe ajuda, precisava da ajuda de Zeus, precisava de uma vingança, ele não era só um simples mortal! Nisto, vendo Zeus a fúria de Ulisses, vai ter com ele e pergunta:
- Que queres, Ulisses? E Ulisses responde:
- Quero ajuda, quero que mates todos, que destruas Ítaca, mas especialmente que mates Penélope, o seu novo marido e Telémaco! E Zeus diz:
- Mas vejo que amas a tua família, que estás perdido de amor por Penélope, só irias ficar destroçado, não farás isso! E Zeus desapareceu!
Então Ulisses esperou pela noite, entrou em casa, atou Telémaco, levou-o até ao quintal e deixou-o lá, pegou numa tocha, acendeu-a e incendiou a casa de Penélope. Já Penélope e o seu marido estavam mortos quando Ulisses se atirou para o meio das chamas e morreu também. E assim acaba a história de Ulisses.





Ok., ok., é apenas a composição do último teste de Português do meu filho. Sim, sim, admito, o título do post não passou de mais um golpe de marketing. Mas também, eu nunca disse que era o Ulisses do Joyce, pois não?!


33 comentários:

  1. Ohhhhhhhhh...
    Parabéns ao Folha de Papel.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um pouco dramático... mas adorei a parte "Mas vejo que amas a tua família, que estás perdido de amor por Penélope, só irias ficar destroçado" :DDDDDDD

      Eliminar
    2. A sério, sofrer por amor é terrível, a perda da mulher amada destroça qualquer um.

      Eliminar

    3. Mais vale tratar o mal pela raiz, queima-se tudo e já está! :DDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    4. Morre o mal e acaba a peçonha.

      Eliminar
  2. Ele para 11 anos (tem 11, não é Palmier?) escreve muitíssimo bem! Sai à mãe, está bom de ver!

    ResponderEliminar
  3. O Ulisses do Palmier filho é mais trágico do que o Ulisses de Homero...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma verdadeira tragédia grega! :DDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. Eu acho sempre que sim... mas a verdade é que não tenho acesso às composições dos outros meninos, para poder comparar :)))

      Eliminar
    3. Só por curiosidade . ...qual era o tema?
      Ele já leu a Odisseia adaptada às crianças e jovens?

      Eliminar
    4. Sim. Estiveram a estudar o livro. No fundo o teste tinha um texto da "Odisseia", versão infanto-juvenil, para interpretação, que devia ser continuado, de forma livre, na composição.

      Eliminar
    5. Então, ainda é mais de louvar.Conseguiu abstrair daquilo que já sabia ( será que o que eu escrevi faz sentido?)

      Eliminar
  4. Grande imaginação e criatividade, Folhinha. A parte de queimar a Penélope a dormir com o figurão, é genial! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu achei um pouco radical (parece-me que tenho ali um grande ciumento :D), mas... que sou eu?... :DDDDDDDDDDD

      Eliminar
  5. Respostas
    1. E aposto que ficaste um bocadinho chamuscada! :D

      Eliminar
    2. I need a hero
      I'm holding out for a hero 'til the end of the night
      He's gotta be strong
      And he's gotta be fast
      And he's gotta be fresh from the fight
      I need a hero
      I'm holding out for a hero 'til the morning light
      He's gotta be sure
      And it's gotta be soon
      And he's gotta be larger than life

      Eliminar
  6. Pronto. E depois venho cá eu e digo que ele devia ler os diários de um banana. Cujo tema do primeiro livro é... uma fatia de queijo podre no recreio da escola. E depois leio isto. E depois fico a pensar que a intelectualidade das minhas crias, aos 11 anos, vai ser só muito trágica. Sendo que vão chegar ao 12° ano e ainda vão começar as composições por era uma vez. Que é que vocês, bloggers, dão de comer às crianças?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahhahhahahahhahahhahahhahahhahahhahahahhahahaahahhahahahhahahahhahahahahahhahahahahha

      (mas olha que ainda este fim-de-semana ele leu o novo Diário de um Banana! Assim meio às escondidas, debaixo do edredon, mas leu! :DDDDDDDDD)

      Eliminar
  7. Não posso deixar de dizer que estou a contar com o dia em que vou estar presente na apresentação do primeiro romance do Folha de Papel!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :))))))
      Só tenho pena que escreva tão poucochinho... :(

      Eliminar
  8. Tão criativo! Tão bem escrito! Sai à mãe com certeza!

    ResponderEliminar