quarta-feira, 29 de março de 2017

Eu juro que um dia destes páro com isto!

É verdade que ainda tenho que corrigir, que a minha Maman, numa tentativa desesperada de controlar o meu ego Leonardo da Vinci, pôs-se-me a dizer que eu tinha escurecido demais o topo do polegar, que parecia enxertado, que o ângulo do pulso até ao osso do polegar é menos acentuado e que as falanginhas estavam demasiado compridas, mas eu, de tão deslumbrada que estou com a minha própria pintura, não fiquei lá muito crente, que isto podia perfeitamente tratar-se de uma pessoa dotada de enormes falanginhas, que isto hoje em dia, sabe-se lá, mas, dizia eu, que estou de tal forma espantada com com o meu feito, que queria que alguém me explicasse, como... COMO É QUE EU CONSEGUI FAZER ISTO?!


A sério, estou em estado de choque e maravilhada comigo própria!

E para este post não se limitar a este estupendo auto-elogio, venho aqui agradecer ao Pipoco. É verdade. É que o Pipoco, com aquelas provocações irritantes, às vezes - só às vezes, ok!, não é sempre!- consegue ter um efeito inesperado. Tudo começou quando publiquei uma pintura semi-geométrica em verde e preto, e o Pipoco veio aqui escarnecer da situação e perguntar-me se eu tinha mesmo passado uma tarde a fazer "aquilo", "aquilo" foi o que ele baptizou de quadro-ETAR, uma coisa aparentemente tão básica que não podia tomar mais de dez minutos a uma qualquer alma e, raios, eu até achava que o meu quadro ETAR não estava mau, mas pronto, é verdade que eram só umas manchas de cor e então para demonstrar ao mundo que era uma boa artista, uma excelente artista, e que não me limitava a fazer só "aquilo", pus-me a pensar que havia de de fazer bonecos, porque fiquei cá com a ideia que, nestas coisas da arte, o Pipoco só valorizava bonecos, até pensei, com uma elevada dose de sobranceria, diga-se de passagem, que, se ele se cruzasse com uma daquelas pinturas azuis monocromáticas do Klein, havia de proferir a mítica frase proibida: "oh, isto também eu fazia". Mas o problema é que eu não sabia fazer bonecos, nunca tinha feito bonecos, parecia-me mesmo que bonecos estavam fora do meu alcance, que o desenho, enfim, não é o meu forte, e para além disso eu era uma artista moderno-contemporânea-praticamente-conceptual, uma pessoa do abstracto - até desdenhei um grande bocadinho daquela opinião, cheguei mesmo a pensar, do alto do meu pedestal "oh, ele claramente não percebe nada de arte contemporânea"-, mas aquilo ficou cá dentro a corroer-me o espírito, numa espécie de "espera lá que eu já te mostro", e então vá de me dedicar aos bonecos, e de repente os bonecos começaram a aparecer, e cada vez fico mais espantada e entusiasmada com os meus próprios bonecos e pronto, adoro fazer bonecos e a culpa de eu já não ser uma artista-moderno-contemporânea-praticamente-conceptual e de me ter transformado nesta simples-artista-bonequeira é unicamente do Pipoco. E pronto, agora, se já estiverem completamente fartos dos meus posts de pinturas, têm bom remédio: vão lá para o blog dele apresentar as vossas queixas.


65 comentários:

  1. Pois, ainda bem que Maman já te deu umas indicações. Eu estava tentada a deixar-te aqui o contacto de um bom reumatologista (ou ortopedista) para levares a senhora e ver esses ossinhos da mão. Eu própria estou tentada a consultar um, mas isso é porque estou com uma dor aguda aqui na zona da articulação posterior do braço...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu sabes lá como é que são os ossos hoje em dia! As coisas mudam, avançam, as falanginhas de hoje já não são como as de há trinta anos! A mão está maravilhosa, é o que tenho a dizer! :DDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. Está mesmo! (o tamanho das falanginhas passou-me ao lado, só mexia mesmo na sombra por cima do indicador).

      Posso comissionar-te um quadro?

      Eliminar
    3. Ora, Mi... são muito caros... :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    4. (talvez se tentares um leilão da sotheby's :DDDDDDDDDDDDDDDD)

      Eliminar
    5. Ah, já percebi, não desististe do calacata.

      Eliminar
    6. Exacto! Tenho de tratar de fazer um pé de meia! :DDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    7. Se é para ganhares uns trocos, arranjas uma almofadinha para os joelhos e vais ali p´rá calçada de Santa Catarina lançares-te numas anamorfoses da Nossa-Senhora (as tais que podes intitular de "Mary High On Ayahuasca"). Aquela malta esquisita ia adorar.

      Eliminar
  2. Então, perfeitamente credível, diga a Maman que a sra teve alguma doença que provocou o crescimento anómalo das falanges, perfeitamente credível. O dedo do meio (o pai de todos) e anelar (seu vizinho) é que precisam ali de uma rugazinha ou outra para ficarem com um ar mais realista, tipo o indicador (fura bolos).
    Essas mãos estão impecáveis! Qual Júlio Pomar, qual quê! Quadro de Exmo. Presidente Marcelo, será pintado por Palmier!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como assim?! Hoje em dia não há cá rugas, é tudo botox! :DDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  3. Eu adoro a mão, o pulso, as falanginhas. Gosto tanto que tudo o resto me parece acessório

    ResponderEliminar
  4. Palmier, desculpe muito, mas eu já não aguentoooo e não quero ir ao Pipoco que ainda aguento menos :) O que fazer meu deus, alguém que lhe roube os pincéis ou os dê à Cutxi, os meus olhos estão em sangue (mas os cotos estão bonitos). Mas chegaaaaaaaaaaaaaaa por favorrrrrrrrrrrrrrrrrr sara

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, percebo perfeitamente, mas agora estou possuída por esta situação, não a consigo evitar! :D

      Eliminar
    2. entendo :) talvez haja esperança ainda, intercalou a overdose com música ao vivo :) mas olhe que pinta muito bem, mas pronto, descanse um bocadinho :)

      Eliminar
  5. O Leonardo da Vinci tem um quadro, salvo erro chamado "Anunciação" em que a mão da Nossa Senhora também é assim algo "estranha", mas que resulta muito bem visto de certos ângulos.
    Acho que te podes passar a intitular "Palmier da Vinci"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahhahahhahahahahahahahahahahhahahahhaha
      Os meus quadros só podem ser vistos de viés! :DDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  6. (Digo-lhe a verdade? Não digo? Oh, a doce tormenta da indecisão...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, Pipoco, pode admitir que está perante uma grande artista! Todos nós erramos nas nossas análises de quando em vez! :DDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  7. Gosto muito, Palmier.
    Tive um colega de turma que tinha um braço e uma mão enormes, passou por várias operações, não sei o nome da doença. Portanto, essa mão é real!
    Eu gosto de "imperfeições", na vida e na arte.
    Deixe lá o Pipoco, que apesar de tantos defeitos, continua a escrever. Pinte, sim :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :DDDDDDDDDDDDDDDD
      É a minha técnica, pinto qualquer coisa e depois tratamos de encontrar uma vítima que encaixe no retrato, neste caso da mão, será a desse seu colega!:D
      Quanto ao Pipoco, só lhe posso mesmo agradecer, porque foi exactamente por causa das provocações dele que recomecei a pintar com gosto! :)

      Eliminar
  8. Abençoada provocação de Don Pipoco, estão aqui umas falangetas que são uma categoria. Sim senhor. Muitos parabéns. Agora, passemos aos arabescos dos móveis ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo! Umas falangetas para lá de espectaculares!

      (agora vou estudar o mobiliário do século XVIII para dar um toque especial àquela mesa :D)

      Eliminar
  9. Para animar esta caixa de comentários (que bem necessitada está...) proponho um concurso para darmos um nome a esta sua obra. Proponho, para início de conversa "Senhora que não tomou Calcitrin em devido tempo e depois deu nisto"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahhahahahahahhahahhahaahahhahaahahahhahahahhaahahhahahahhahahhaha
      E depois acrescento um copo de água e uma embalagem de Calcitrin em cima da mesa e escrevo lá em baixo, com letras pequenas "quadro pintado em parceria com Calcitrin": :DDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. Ou isso ou propões uma sequela ao realizador de "A Mão que Embala o Berço", sendo que imagem para o Cartaz já tem...

      Eliminar
    3. Sabes que a mão que embala o berço é a que governa o mundo, não sabes? Agora imagina o futuro desta minha mão! :DDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    4. pá, só sei que é um filme de terror, e que a senhora que embalava o berço não era muito saudável das ideias, mas pronto.

      Eliminar
    5. E tu achas que uma pessoa que se passeia com dois papagaios ao ombro está bem da cabeça? As coisas na arte têm de ser coerentes, Kina!

      Eliminar
    6. Ai esta mão é da outra? então já sei:

      "Mary High On Ayahuasca"

      Eliminar
    7. Claro que tive de ir googlar para perceber! :D

      Eliminar
  10. ... ou Retrato de Senhora com Mão de Ferro... gostei muito.

    ResponderEliminar
  11. Movimento: vamos ajudar, como deve ser, a Palmier a pintar mãos em condições.

    Nós gostamos de mãos. Mãos que falam. Mãos que batem, que cheiram, que ouvem, que pensam e suspiram. Mãos que afagam. Mãos que sofrem mudas na escuridão, que metem e tiram, mãos de porcelana que nem sequer tremem ao falar, pálidas, formosas, suaves, dedos firmes e acrobáticos, mãos sem nós, mãos que seguram, mãos ausentes sobre um regaço. Mãos que albergam memórias e gritam: não vou! não quero!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Deuses... isto será um TPC? Fazer todas estas mãos?! Se uma mão criou tamanha agitação, o que será quando produzir esta quantidade! :D

      Eliminar
  12. E olha aqui esta ideia fantástica que eu tive:

    se calhar ainda vais a tempo de abdicar dessa pinderiquisse da Grande Obra e transformares isso n"O Grande Museu de Arte Encoberta" !!!!!

    (é que já estou a imaginar o dia anterior ao da inauguração, resmas de bichas atrás de paletes de filas, famílias inteiras e respectivos animais de estimação, que na altura já deve ter pegado a moda dos papagaios ao ombro, tudo ali à espera da Grande Abertura! Já imaginaste?! Esquece lá essa treta dos mármores e investe masé em máquinas de croissants mistos!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, sim, isso é uma excelente ideia, com potencialidade para se transformar na próxima Tate de Lisboa! :DDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  13. Palmier Encoberto!!!! Mas a meninas está feita uma artista!!!! A-do-ro!
    Pal-mi-er! Pal-mi-er! Pal-mi-er!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alguém que me dê o devido valor! Tu sabes lá a minha vida, sou uma artista incompreendida, Nê! :DDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. Ahahahahahahahahahah sempre cá para ti, já sabes!

      (Jasus... Que figurinha a minha... Desde a última anestesia que nunca mais fui a mesma... :DD)

      Eliminar
    3. Realmente, ficaste extremamente benevolente! :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  14. Acho lindo, tudo o que nos mostrou até agora.
    E muitos ficariam bem como capas de alguns livros.
    Muitos parabéns. E é bom ficarmos deslumbrados com o que conseguimos fazer, por vezes sem sabermos como.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem lembrado! ""Sempre vivemos no castelo, por exemplo.

      Eliminar
    2. "porque o anelar e o dedo médio das minhas mãos têm o mesmo comprimento" :DDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    3. Muito bem, Palmier :DDDD

      Eliminar
  15. "Cautela, que qualquer um destes dias podes ter um camião TIR a descarregar à tua porta!"

    Lamento, Palmier, mas fui pedir ajuda ao Pipoco, fiquei a hiperventilar com a ideia de todo um camião TIR carregado de pinturas de mãos, todo um mundo de falangetas à minha porta, não estou preparada para esta situação.

    Agora a sério, Palmier, sabe que gostei mesmo das suas outras duas pinturas e que gostei particularmente daquela outra mão, mas não gosto mesmo nada desta. Concordo totalmente com a sua Maman, a parte das unhas acho que está mesmo bem, mas o resto...a ideia era fazer uma mão crispada, não era? Mas sabe o que me faz lembrar, uma aranha, já deu para perceber que consegue fazer muito, mas muito melhor, com treino vai conseguir fazer mesmo bem, olho para esta mão e faz-me mesmo lembrar um cruzamento entre uma mão humana e uma aranha, olhe, é isso, por agora, dou-lhe este nome: A aranha que queria ser mulher.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahhahahahahhahahahhahahahhahahahhahahahahhahahahahahahhahahahahhahahahah
      Agora a sério, Cláudia, já corrigi as coisas que a minha Maman me disse para corrigir, mas, caramba, a leitura da aranha é absolutamente perfeita, era mesmo essa a intenção, aliás, acho que disse isso no post anterior relativo a esta pintura, vou lá ver. Yap! Cá está: "mas estou mesmo ansiosa por lhe pôr aquele braço esquerdo (dela) - que está curtinho, coitadinho - cá para baixo, com uma mão crispada em forma de aranha sobre o tampo de uma mesa que ainda há-de aparecer ali no canto inferior direito", O que quer dizer que o meu objectivo foi atingido! :D No fim depois mostro o conjunto final, para vermos o resultado :D

      Eliminar
    2. Bolas! Palmier, Juro que não tinha lido isso, agora até fiquei assarapantada, então o objectivo foi mesmo atingido, é mesmo isso que vejo, tal qual! Até vou escrever outra vez bolas!

      Claro que queremos ver o resultado final, bem, penso que a maioria, vá ;-)

      Eliminar
    3. És uma grande crítica de arte, essa é que é essa! :D

      Eliminar
  16. Pensando nestes quadros e no assunto do dia... Palmier, foste tu que fizeste o busto do Cristiano Ronaldo?

    ResponderEliminar
  17. E daquela vez em que tentaste pintar o retrato de Canis?

    http://www.caesonline.com/wp-content/uploads/2017/03/picasso-cao-1.jpg

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahhahahahhahhahahhaahhahahahhahhahahhahahahhahhahahahahhahahahhahahhahah
      Essa é uma pintura muito famosa, que vai sob o título "Canis sob o efeito de psicotrópicos" :DDDDDDDDDD

      Eliminar
  18. O engenho oriundo do "deixa lá que já te mostro" é do melhor, aquelas ganas ajudam e de que maneira. O resultado está óptimo! :)

    ResponderEliminar
  19. Bravo Palmier, ela pode habitar num hospício mas o toque firme da mão na mesa para mim está impecável. :)

    ResponderEliminar
  20. essas falanginhas são perfeitas... até perdi a mandíbula.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahhahahahahhaahhahahahahahahahahahahhahahhahahaahahhah

      Tudo roda em torno da ossatura! :DDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  21. Poças cara Palmier, quais queixas?!
    Até os detalhes daquela mão têm detalhes!

    É a famosa mão-atrás-do-arbusto à qual Sócrates atribui todos os seus alegados crimes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahhahahhahahahhahahahahahahahahahhahahhahahahah
      É uma mão presidencial! :DDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  22. Credo! Que medo!!
    Está tremendamente BOM!! :O
    Até me arrepiei!!
    Continue cara Palmier, continue!

    ResponderEliminar