quarta-feira, 19 de abril de 2017

E então fui a correr à obra - que já passaram quinze dias desde a última vez que lá fui - à espera de major changes

e...  nada. 


Então resolvi ter uma conversa com o Senhor Pedro, o encarregado - que o Senhor José Carlos há muito que foi substituído (por decisão do empreiteiro) -, para lhe dizer que eles tinham de ter mais frentes activas, que se uma equipa estava a fechar tectos, outra devia estar na fachada, e outra nas casas de banho, que assim nunca mais víamos o fim à obra, e então o Senhor Pedro, uma simpatia de pessoa, sempre com um sorriso, levou-me a fazer um tour explicativo, para eu perceber as dificuldades, que aquilo não era desculpa, evidentemente, mas, por exemplo, quando punham uma parede, (apontando para a parede) está a ver, depois tinham de esperar que viesse o electricista passar os fios (pegando no molho de fios), e depois o homem das calhas, está a perceber?, estou Senhor Pedro, mas... e para fazer a casa de banho, primeiro tem de vir a base do duche (já a qui está, está a ver?), para tirar as medidas certinhas para fazer a caleira e só depois é que podiam mandar vir o resto das pedras... mas, Senhor Pedro, mandem vir as bases de duche todas de uma vez, para porem as casas de banho todas a andar, ah (rindo e levando as mãos à cabeça), isso é que era bom, que a pedra para cada uma das casas de banho tem de vir toda do mesmo bloco, que se eles se põem a tirar tudo ao mesmo tempo depois era um Deus me acuda, mas, Senhor Pedro, e a fachada? Ah, isso vamos começar a projectar (o estuque) esta semana, mas depois temos de parar para virem fazer o soco (é assim que se escreve?) de pedra... mas, Senhor Pedro, e as janelas? Ah, isso já estamos a pôr o aros, mas e as janelas, Senhor Pedro, quando é que estão cá?, ah, primeiro temos de estucar aquela parede ali, está a ver (diz-me enquanto se debruça sobre o abismo, oh Senhor Pedro, tenha cuidado, chegue-se para trás que isso faz-me muita impressão! deixe estar, não faz mal, estou habituado, e então a pessoa mantém o seu ar sério e entendido apesar de estar praticamente agoniada, tal é a altura), só depois é que podemos pôr este aro, está a ver?, para depois estucar este bocado de parede aqui, está a perceber? Sim Senhor Pedro, já percebi que as coisas estão todas encadeadas, mas então devia ter mais cadeias a funcionar ao mesmo tempo! E então o Senhor Pedro olha para mim com olhos tristes de quem desiste de explicar o óbvio e remata a nossa conversa dizendo: eu não quero que fique a pensar que isto são desculpas, que eu percebo muito bem a sua imaginação.


24 comentários:

  1. Diga-lhe que, ou termina a Grande Obra até ao fim da semana ou pinta um quadro com a cara do Senhor Pedro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahahahahahhahhaahahahahhahaha
      Ameaço-o com uma obra de arte denominada: Senhor Pedro com Chihuahua. :DDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. Senhor Pedro com Chihuahua na banheira.

      Eliminar
    3. Senhor Pedro com chihuahua no duche em Carrara! :DDDDDDDDDD

      Eliminar
  2. Ora, um bocadinho de pressão nunca fez mal a ninguém!!

    ResponderEliminar
  3. Mas tu não tens um fiscal que te represente?! Tsss tsss tsss... poupava-te as vertigens e andava sempre em cima do empreiteiro, salvo seja, a controlar o andamento da obra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho... acabou de suspender os trabalhos porque o estaleiro estava desarrumado...

      Eliminar
    2. Suspendeu os trabalhos? Pois... assim fica difícil avançar.

      Eliminar
    3. Yap... daí que tenha de fazer estas intervenções junto do Senhor Pedro! :D

      Eliminar
  4. Uma coisa lhe digo Palmier, quando estiver livre desta não se volta a meter noutra!!! Ou então não que isto há gente teimosaaaaaaa e vai que ganha o gosto e ainda abre uma Construtora, mas de obras públicas que assim como assim o orçamento contempla sempre uma margem simpática para as derrapagens e timings inexistentes.

    ResponderEliminar
  5. Se construir uma casa, venda-a. Construa uma segunda e venda-a a um amigo. Construa uma terceira e fique com ela.

    (been there, done that)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ei! Não! Ainda estou crente que está vá ficar impecável! Demorada mas impecável!

      (Apesar dos tijolos, evidentemente :D)

      Eliminar
  6. "eu percebo muito bem a sua imaginação"
    ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah

    - arrumou-te!


    (guarda lá a imaginação para as aguarelas e deixa a realidade para quem sabe)


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :DDDDDDDDDD
      Foi mesmo! A partir do momento em que aquela frase foi proferida, vi-me impedida de acrescentar qualquer outra teoria :DDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. :DDDDD

      é esta coisa das obras... nunca percebemos a pressa do cliente nem aquilo que vai na sua imaginação. várias equipas... isso é coisa de olimpíada.

      (anos a ouvir isso, a culpa é sempre do pobre electricista...)

      Cara Palmier, leve o Canis consigo, rosnando, babando-se sobre as botas do encarregado, olhos raiados sanguíneos.

      (não dê importância ao pessimismo do Pipoco - coitado nunca será presidente desta república -, as minhas casas ficaram bem à primeira; talvez por não haver dinheiro para ficarem bem só à terceira)

      Eliminar
    3. O Canis, nunca! Ainda me dava cabo do pouco que já está feito! :DDDDD

      Eliminar
    4. Não se trata de pessimismo algum, muito pelo contrário, basta saber ler O Mestre: o Pipoco alude claramente, e uma vez mais, aos três porquinhos.
      É que só o porquinho inteligente, aquele que, ainda que de posses idênticas às de seus irmãos remediados, porém estarolas, soube prever o futuro e, juízo posto nos conselhos da mãezinha, construiu a casa de tijolo (tínhamos ou não sido já alertados para a importância do tijolo?), a única que resistiu às impiedosas esfomeadas investidas do lobo.

      Mas não sei como vai acabar esta tua história, Palmier, tu insistes em fazer orelhas moucas aos avisos do Pipoco... até já disseste que não queres lareiras... estou a ver o teu caso muito mal parado, estou, estou. O homem bem fala fala fala mas não vejo ninguém a fazer nada, pá, se fosse eu entregava pra (outro) deus)

      Eliminar
    5. :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Pipoco e suas metáforas! E eu que ainda não me tinha apercebido que era o porquinho da casa de palha! Ai quando vier o vento Norte... estou feita! :D

      Eliminar
  7. Adoro!!! «... percebo a sua imaginação» LOLOL

    ResponderEliminar
  8. Quer essa obra resolvida? Bem e o mais rápido que for possível? Passo a publicidade gratuita, mas são eles que estão a tratar da minha obra e tudo está a correr bastante bem, dentro dos prazos: https://www.facebook.com/tuuportugal/?fref=ts

    LG

    ResponderEliminar
  9. Devagar se vai ao longe... Melhor devagar e bem que rápido e mal... Rápido e bem não há quem... Se bem que esta é uma obra bem à alentejana... Devagariiiiiiiinhooooo...

    ResponderEliminar