domingo, 4 de janeiro de 2015

Também podia falar sobre o absurdo corte de cabelo de que fui alvo

Mas nem quero pensar nesse assunto...

21 comentários:

  1. Conta-me tudo que se tema interessa-me... :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nê... pah... a criatura disse que para deixar crescer tinha de acertar atrás. Nê... nem sei explicar. O meu próprio consorte, que me acha sempre linda (ai dele!), quando lhe disse que ia lavar o cabelo porque não ia conseguir passar o dia de amanhã com este cabelo ridículo... Nê... não me respondeu! Não sei se estás a ver a gravidade da situação... :DDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. Tens a certeza que te ouviu? O meu às vezes não me ouve, eu fico a pensar cousas e afinal olha... Era só (??) ele que estava a pensar lá nas cousas dele enquanto eu falava para ele...

      (A seguir ao teu cabelo o tema que mais me interessa neste blogue são os teus sobretudos... :DD)

      Eliminar
    3. Nê... tenho a certeza que me ouviu. :DDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Tio Pipoco... não aposte nisso! É que não está a ver a gravidade da situação...

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Pipinha... tenho amor próprio, ok! Já me basta ter de sair à rua amanhã! :DDDDDDDDD

      Eliminar
  4. Pior não deve ter ficado... (brincadeirinha :P)

    ResponderEliminar
  5. Põe gel, ou gorro, ou peruca. Já sei! Um turbante! Estão super na moda.
    A cutxi em cima da cabeça também não ía mal...

    ResponderEliminar
  6. Bem, queremos fotos, com óculos, com bigode, com um smiley, qualquer coisa que dê para ver a hecatombe... não acredito, fazer o quê? É a minha costela de Tomé...

    ResponderEliminar
  7. Recebi um gorro fantástico no Natal, quer que envie? Ainda não foi usado :D Também pode converter-se ao islamismo e começar a usar burkha

    ResponderEliminar
  8. Estou com o Pipoco.
    Pior é impossível.

    ResponderEliminar
  9. Lembra-se Palmier daquela vez que fez uma entrevista a perguntar se o cabelo era bonito...? Pois. Alguém se vingou! Cá entre nós eu fugia a sete pés da sua cabeleireira!! Com certeza que a reconheceu pela voz no video, vai daí, movida por pura inveja e não satisfeita com a sua própria sorte, decidiu vingar-se assim. Mas teve sorte cara Palmier. Tenha muito cuidado. Para a próxima, como o sabor da vingança é efémero, a vingadora poderá passar para o "next step". Fuja enquanto é tempo! Fuja!

    ResponderEliminar