domingo, 15 de fevereiro de 2015

Ainda estou a processar o que se passou ontem ao almoço

Antes de virmos para o Algarve, e para despachar, fui com os meus filhos almoçar ao McDonald's de Belém. Tudo muito bem. Na verdade, e peço desde já perdão aos amantes dos hambúrgueres spa-concept-trendy-luxury-gourmet, até que gosto do cheese burguer do McDonald's.
Pois que lá fomos para a fila, trouxemos os nossos tabuleiros, dois Happy Meals e o dito cheese burguer, vá de dar a volta ao  local, as mesas todas ocupadas por pessoas que estão simplesmente a marcar mesa. Um clássico. Fomos lá para fora, para a esplanada, sentámo-nos, vá de organizar os tabuleiros, com um pombo nojento a passear-se em cima da mesa do lado, isto é para ti, isto para ti, oh mãe, que impressão, o pombo só tem uma pata!, deixa, não olhes, isto para mim, oh mãe e o ketchup? Olha esqueceram-se, mas agora comes assim que temos de nos despachar, lá dou uma dentada no hambúrguer, oh mãe e a palhinha? está aqui, dou outra dentada, faltam os guardanapos!, lá me levanto, resignada, para ir buscar o raio dos guardanapos e já agora aproveito e trago o ketchup, vou ao balcão, aceno lá de trás, da fila, à menina da caixa, olhe, esqueceu-se do ketchup, ai desculpe, está aqui, pego no ketchup e volto a sair para a esplanada. E quando saio para a esplanada... quando saio para a esplanada... deparo-me com o seguinte cenário:

As pessoas da esplanada todas levantadas, todas em volta da nossa mesa, tudo a esbracejar, nem conseguia ver os meus filhos no meio daquela confusão, coração a gelar, o que raio se está a passar, furo por ali fora em autómato, vejo a minha filha toda encolhida na cadeira, o meu filho a abanar a caixa do Happy Meal selvaticamente e dezenas de pombos, e volto a frisar, dezenas de pombos em cima da mesa a atacarem o meu almoço, a devorarem as minhas batatas, a bicarem o hambúrguer, pombos assassinos sem uma ponta de medo, e eu a enxotá-los e eles nada, não desistiam, e eu a bater os braços, parecia mesmo um abutre assustador, eu, pelo menos, estava com muito medo de mim própria, e eles nada, e eu a dar saltos em volta da mesa, a dar gritos histéricos, xooooo, xooooo, e eles nada, cada vez vinham mais pombos, pombos destemidos, pombos por todo o lado, os miúdos a esconderem as suas Happy Meals, e eu a achar que de happy não tinham nada, até que lá consegui pegar nas minhas ex-batatas e, num golpe de génio, atirei-as para longe, os pombos lá foram atrás das batatas voadoras, vorazes, de seguida atirei o hambúrguer, os poucos que tinham ficado para trás arreganharam os bicos ao hambúrguer, como hienas esfomeadas, e eu, quando finalmente me vi livre do perigo, sentei-me ofegante, com as pernas a tremer, as pessoas todas a olhar para mim, com olhares solidários e lágrimas de pena, uma espoliada sem-almoço, a dar aos braços, tipo espantalho, enquanto os meus filhos acabavam de comer a unhappy meal, tal e qual a Melanie Daniels de Belém Bay. Julgo até que, a páginas tantas, vi o Hitchcock a passar sorrateiramente lá atrás.



72 comentários:

  1. Esses pombos devem ter o colesterol upa upa!
    Posso sempre contar com a Palmier para me alegrar os dias. :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De certeza! :DDDDDDDDDDDD
      Oh pah... a-s-s-u-s-t-a-d-o-r-e-s!

      Eliminar
  2. Não consigo parar de rir :)))) a partir de hoje, vou passar a andar com um saco de milho no bolso, não vá o diabo tecê-las!!

    ResponderEliminar
  3. Daqui a nada vem o gerente do MacDonalds de Belém dizer que foi o Honorato que treinou os pombos para as pessoas deixarem de ir ao MacDonalds e irem antes comer lá.

    (destesto pombos nas esplanadas)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :DDDDDDDDDDDDDDD
      Mirone... não estás a ver a quantidade e a agressividade! Aquilo foram pombos treinados no Afeganistão! :DDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. Mirone... qué dessa publicidade heim??? Mhhhhhh Honorato!! Estou a salivar!!

      Eliminar
  4. ahahahahahaahahahah o máximo, o que me fartei de rir.
    Bjos

    ResponderEliminar
  5. Acho que era mesmo o Hitchcock ao fundo, porque esse almoço foi seguramente um almoço "Bodega"- Bay !
    Raio de ratos voadores , infernais bichos, quem sabe recrutados pelo EI para atentar contra os almoços dos infiéis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :DDDDDDDDDDDDDDDD aposto que estão a largar bandos de pombos junto a todos os McDonald's! Como forma de atacar o capitalismo ocidental!

      Eliminar
  6. Maltratar animais não é fixe.
    Fixe era teres ido comprar uns happy meals para os pombos primeiros e para os amiguinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Happy Meals?! Ao menos uns big Macs, para os bichinhos não ficarem com as barriguinhas a dar horas! :DDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  7. Safa! Que impressão, fiquei com pena dos míudos. Dessa não se vão esquecer tão cedo :/

    PS: A minha perdição mcdonald' ziana são as tortas de maçã (só aqui entre nós que ninguém nos ouve)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh pah... eram mesmo agressivos!

      (também gosto :D sabem a remédio, mas são boas! :DDDDDDDDD)

      Eliminar
  8. Aposto que era mesmo o Hitchcock.
    E garanto que ele transportava uma gaiola matchy-matchy na mão! :)

    (lembras-te do "the palmier pigeon crossing"? karma, han? lolol)
    :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahhahahahhahhahahahhahahhahahhahahhahahahahahahhahahahahahahahahahahahahahahahahahahahhahahhahahhahahahhahhahahhahahhaahahahahahahahhahahahhahhahahhahahahahahahahhahahhahahhahahhahahhahahhahahahahhahahhahhahahhahhahahhahahahhahahhahahha

      Pois foi! Foi vingança! :DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
    2. ahahah, muito bem lembrado!!!

      Eliminar
  9. Bem...susto mesmo!!! Eu tinha ido lá dentro pedir outro hambúrguer, à borla!

    [Palmier, os pombos...os pombos do Natal! eles "andem" aí!!! :D]

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda pensei nisso... mas tinha uma pessoa à espera...

      (foi vingança! Pura e dura! :DDDDDDDDD)

      Eliminar
    2. Foi praga! E no Algarve vão ser gaivotas.
      Vocês não acreditam nesssas coisas, e depois, pagam-nas.

      Eliminar
    3. Ui... vou passar a andar com uma cesta de sardinhas, não vá o Diabo tevê-las...

      Eliminar
  10. Credo, que medo! Estou a falar a sério.

    ResponderEliminar
  11. Almoço no Mc. Donalds...

    (que havemos de fazer consigo, Palmier?)

    (conto-lhe a minha história do Birds, quer?)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma questão geracional. Nós, os mais novos, gostamos do McDonald's.

      (Quero, claro. Não acredito que possa ser pior que a minha :D)

      Eliminar
    2. Um dia, há muitos anos, ainda não havia Mc Donalds em Portugal (talvez o próprio Ray Kroc ainda não tivesse nascido...) passou o Birds na RTP. E eu coloquei uma cassete de vídeo (vai ter que googlar) a gravar o filme e a coisa não correu bem, a fita acabou antes do final do filme e perdi os últimos dois minutos. Fiquei mais de vinte anos sem saber se a família conseguia entrar no carro ou se eram atacados pelos pássaros que estavam pousados, prestes a atacar. Cheguei a sonhar com finais alternativos, mas nunca perguntei a ninguém, até ver o filme de novo, no fim do ano passado.

      Eliminar
    3. :))))) então não vamos contar a ninguém. Não vá dar-se o caso de haver alguém nas mesmas circunstâncias.

      Eliminar
  12. A mim fizeste-me pensar no "Sozinho em Casa". Tive que me rir. Desculpa! :)

    ResponderEliminar
  13. Nas esplanadas do Vasco da Gama ê algo muito frequente!!

    ResponderEliminar
  14. Efeitos secundários do filme desse mestre, ou não, mas tenho uma grande fobia por pássaros. Inclui esse espécie nojenta de ratos com asas. Palmier: muitos parabéns pelo sangue frio. Eu, temo, não teria tido essa reacção, bem pelo contrário...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. K, garanto-te que se visses os teus filhos a serem literalmente atacados por um bando de pombos selvagens, farias exactamente a mesma coisa! Se até eu, hoje em dia, mato aranhas... :)

      Eliminar
    2. acredito... mas vai por mim... passaste a ser a minha heroína!
      ;)

      Eliminar
  15. AHAHAHAHA ia caindo da cadeira de tanto rir :D

    ResponderEliminar
  16. Eu vinha comentar, mas entretanto já que que mencionaram o pidgeon crossing ali em cima e... era isso. Karma's a bitch. :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou feita! A partir de agora passo a andar com uma caçadeira na carteira! :DDDDDDDDD

      Eliminar
  17. Pipocante Irrelevante Delirante15 de fevereiro de 2015 às 21:41

    Os pombos que conheço só comem no h3. São pombos gourmet.

    Não terá sido vingança daquele posto das pombas??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :D Vá lá... não preferirem os hambúrgueres do Sá Pessoa já é uma sorte! :D

      (de certeza! :DDDDD)

      Eliminar
  18. Que cena! Calculo a vossa aflição e nojo!! Os pombos deviam estar famintos! Com tanta confusão deviam ter-lhe dado outro hambúrguer!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teresa, na verdade nem fui lá pedir. Queria era ir-me embora dali, que eles continuavam a rondar e de olho em mim! :D

      Eliminar
  19. Palmier, está explicada a situação do Sr do carro branco igual ao seu que abanava a cabeça enquanto ultrapassava....deve ter assistido a cena no Mac....

    ResponderEliminar
  20. Respostas
    1. Ah...?! Terá sido por causa do blusão de penas?! Terão pensado que era um deles?! : DDDDDD

      Eliminar
  21. não ri. de todo. que aflição... esses ratos voadores. não se nem um, de repente vinte... nesta cidade tb acontece...
    (na próxima vez que me sentar nem esplanada de certeza, certezinha que me vou lembrar deste texto...)

    ResponderEliminar
  22. No McDonald's em Setúbal (avenida Luísa Tody) é igual... Pessoas sentadas a guardar lugar (penso que essas pessoas não sabem ler o letreiro de proibição de marcação de lugares que existe no Mc) e pombos prestes a roubar o hamburguer na esplanada. Será um requisito em todos os McDonald's marcar lugares e pombos assassinos? Medoooo XD....

    ResponderEliminar
  23. Teve sorte.Eu,sentada numa esplanada com um toldo que cobria ate as mesas do cafe ao lado,fui agraciada com o poiso de um pombo na cabeça.Nao sei quanto tempo o deixei estacionado enquanto me debatia entre abanar a cabeça ou sair aos pulos.Mas,o que me afligia, mesmo, era que o bicho me cravasse as garras ou ....pior.Diz que esse "adubo" cria verdadeiros heliportos e sangue deixa- me indisposta.

    ResponderEliminar
  24. :DDDDD
    são uma ternura. dou-lhes comidinha várias vezes por semana enquanto tento afastar gaivotas. percebo agora que talvez esteja a utilizar a mistura errada. em vez dos sacos do supermercado vou decididamente tentar com cheese burgers.
    gosto de animais satisfeitos. nem são exigentes, até vai sem ketchup ;)))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até porque os sacos de plástico agora estão caríssimos! Sem dúvidas que os hambúrgueres são uma escolha mais acertada! : DDDDDD

      Eliminar
  25. Sinto-me um pombo. Estou com tanta fome. Se visse um hambúrguer também atacava.
    E a esplanada desse mcdonalds é nojenta. Próxima vez, já sabes: vão comer para o carro.

    ResponderEliminar
  26. Raios... que cenário!! Eu detesto pombos e não é à toa que lhes chamam ratos voadores :S.

    ResponderEliminar
  27. que coisa tão mal inventada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Anónimo, é muito simples, vá ao McDonald's de Belém, compre um hamburguer, deixe o hambúrguer em cima de uma das mesas da esplanada, e depois venha cá dizer-me qual foi a parte que inventei. Nada como ver para crer...

      Eliminar
    2. Caro anónimo
      Eu e mais três pessoas, na minha mesa, vimos o pombo sem uma pata numa mesa ao lado da McDonald's, em Belém, na 5ªfeira.Claro que não é inventado.
      Ana Bela

      Eliminar
    3. "O pombo sem uma pata" - esse líder do bando dos pombos... Isto dá uma nova dimensão ao relato ahaha.

      Ana

      Eliminar
  28. No McD da PB de Alvalade é igual. Um nojo. Já me queixei daquilo, os diabos dos pombos não têm vergonha nenhuma. A próxima vez que lá for levo um saquinho de milho roxo.
    (um dos castigos da minha vida envolvia pombos e pressão de ar, tínhamos boa pontaria, nós, o diabo foi termos esquecido de eliminar oS corpus delicti...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Achas que eles comem milho?! Agora só estão numa de fast food! :D

      Eliminar
  29. Por isso é que quando ando pela da sogra prefiro conduzir mais um pouco e ir ao do Restelo, o de Belém só quando vamos a pé.

    ResponderEliminar
  30. Tive um episódio semelhante, mas com gaivotas, na esplanada do Vasco da Gama; estava sózinha e elas ganharam pois deixei tudo em cima da mesa e fui embora cheia de nojo e medo. Que situação sinistra mesmo. Gosto muito de a ler Palmy :)

    ResponderEliminar
  31. Confesso que nunca me aconteceu nada semelhante! No entanto a discrição fez-me lembrar um conhecido filme do Hitchcock, que é de facto assustador.
    Apenas uma nota em relação ao ketchup no mcdonald, a norma desde pelo menos Junho é que o ketchup apenas é dado quando o cliente pede, claro que por vezes os funcionários perguntam se querem, ou dão sem pedir. :)

    ResponderEliminar