quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

É estranho

É estranho isto de ver bloggers que entram para o seu blog, põem o cinto de segurança, portas em armed, descolam cheios de leitores a bordo e, do nada, decidem-se a fazer um voo kamikaze. A pessoa está cá em baixo e vê o blog lá em cima a voar, e ele até vai a voar bem, vai direitinho na sua rota, em velocidade de cruzeiro, e, de repente, sem que se perceba porquê, faz uma volta de noventa graus, aponta para o chão e vem por aí abaixo a alta velocidade, a pessoa ainda acena com aqueles pins encarnados e luminosos, faz aqueles gestos como viu nos filmes, à espera que o blog se recomponha, deve ser turbulência, pensamos nós que estamos ver, mas não, o blog não pára, vem descontrolado, a rodopiar, a pessoa levanta-se da cadeira, olhos fixos no ecrã do computador, e à medida que ele se aproxima do chão, a pessoa leva as mãos à cabeça, abre a boca de espanto e, num segundo, o blog que ia lá em cima a voar tão bem, está todo estilhaçado cá em baixo, letras espalhadas por todo o lado, textos chamuscados, comentários carbonizados, leitores feridos, um cenário dantesco. O pior? O pior é que ainda não instalaram caixas negras nos blogs, para se poder perceber o que raio causa estes acidentes.



30 comentários:

  1. Completamente, Palmier.
    Ainda não consegui entender o que se passou, mas parece que houve muitas amigas que fizeram por isso e não me parece que parem.

    É triste.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso não concordo nada. Acho que quem fez o tudo por tudo foram alguns anónimos. É como em tudo na vida, há anónimos bons e outros muito, mas muito, maus.

      Eliminar
    2. Mas alguns posts de "não anónimos" têm servido para espicaçar.
      Parece que em algns blogs impera a adolescentocracia...

      Eliminar
    3. Não, Raquel, continuo a não concordar. Acho que a avaria se deu mesmo na caixa de comentários, apenas e só pela mão dos anónimos.

      Eliminar
  2. É preciso estofo para lidar com o alterego.

    ResponderEliminar
  3. "letras espalhadas por todo o lado, textos chamuscados, comentários carbonizados, leitores feridos, um cenário dantesco". E o Piloto, Palmier? Em que ponto se encontra o piloto?

    Um beijinho para a Sara,
    AnaB

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Ninguém percebeu. Nem os fãs das teorias da conspiração.

      Eliminar
    2. Todos os dias fecham blogues. Por mil e um motivos. Os autores fartam-se, deixam de tirar prazer daquilo. Não é preciso racionalizar muito. Independentemente do motivo, se já não dá prazer fecha-se. Ninguém tem culpa. É uma decisão única e exclusivamente pessoal e só isso é que faz sentido. Eu só não vejo motivo é para este filme que está a ganhar contornos de autêntica caça às bruxas...

      Eliminar
  5. A falta de manutenção da aeronave pode ser um dos fatores.
    A inépcia do condutor também, se bem que ninguém se põe a voar sem ter (boa) formação.
    Mas não há nada mais perigoso que os ventos e a turbulência.
    Quando isto acontece a aeronave deve tomar medidas, sugerir ao passageiros que se agarrem e tenta aterrar da melhor maneira possível.
    Quando levantar voo novamente, deve escolher uma rota diferente, e tomar medidas adicionais, sobretudo de segurança.
    E parece simples.
    Mas é terrivelmente dificil, porque este tipo de aeronaves são feitas de gente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O estranho, Uva, é quando nenhuma dessas medidas são tomadas...

      Eliminar
  6. Ainda não se instalaram caixas negras, mas poderiamos ter acesso à gravação de conversas entre a torre e o piloto. O problema é que parece que essas registos foram sabotados, sabe-se lá por quem.

    ResponderEliminar
  7. O problema não é descobrir o que causou o acidente. O problema é darmos demasiado valor aos danos.
    No dia em que achei que o meu blog de coração ficou danificado, em vez de tentar entender o porquê, procurei a razão para me sentir tão lesada. A razão era o ferimento do ego. E estamos lixadas quando os voos nos levantam o ego sem nos darmos conta e depois se despenham. Em vez de ficar a questionar as coisas até à exaustão, inverti o processo: criei este blog pelo qual agora assino. Em vez de receber ataques, agora envio. E estou tão mais feliz :)
    Anime-se que as agasturas dos blogues não compensam os Enos que temos de tomar.

    ResponderEliminar
  8. Algo estranho se passou, que me passou ao lado.

    Mas é uma pena.

    ResponderEliminar
  9. Pois... Condições adversas em conjunto com a demasiada auto-confiança do piloto para voar mais alto e ao mesmo tempo incapacidade para manter a altitude do voo, ditaram o voo descendente....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me parece que tenha sido isso.

      Eliminar
  10. Todos tiveram culpas, não vale a pena atirar areia para os olhos das pessoas e dizer que a culpa foi inteiramente dos anónimos. Também a Palmier ajudou à festa, retirando a Sara da sua lista de blogues. Esse foi, para mim, um grande sinal de que alguma coisa de muito forte se passou e não foi nas caixas de comentários, entre anónimos.
    Entretanto já a repôs ali, mas o mal já está feito.

    Acho que era bonito cada um assumir a sua responsabilidade na coisa. E todos tiveram culpas, anónimos e bloggers.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estive para não publicar este comentário (tal como não publiquei uma série de outros) porque não estou aqui a fazer juízos de valor, nem a analisar motivações e muito menos a alimentar polémicas. No entanto, acho que devo explicar que, de facto, antes de ontem, à noite, tirei o blog da Sara da barra lateral, não porque se tenha passado alguma coisa entre mim e a Sara, que não passou - adoro os posts divertidos da Sara - mas porque me deparei com uma caixa de comentários absolutamente sinistra, e sim, os comentários eram anónimos, e doentios. Uma vez que os comentários desapareceram, o blog voltou a estar ali, à espera que a Sara volte. Portanto, caro anónimo, a sua tese cai pela base.

      Eliminar
    2. Não lhe vou publicar o comentário porque, para mim, este assunto está encerrado (na verdade este post devia ter sido fechado a comentários. E só não o fechei porque não sei como se faz....). Só para lhe dizer que a explicação que lhe dei é a verdadeira e que tudo o resto são teorias da conspiração com as quais não compactuo.

      Eliminar
    3. Engraçado que dizia no comentário anterior que determinada blogger insistia ad nauseam no assunto, quando, afinal, a cara anónima está a fazer exactamente a mesma coisa.

      Por mim, estamos, de facto, conversadas. "Beijinhos"

      Eliminar
    4. Anónimo, eu sei que lhe passou ao lado uma grande carreira de Sherlock Holmes, mas veja lá que, quando lhe respondi, não tinha havido qualquer troca de e-mails ou de qualquer espécie de comunicação. A dita troca deu-se ontem, portanto, veja lá que a sua teoria (supimpa, por sinal) lá vai ter de cair por terra outra vez...

      Eliminar
  11. Descobri o blog da Sara pela sua lista de blogs. Ainda quando o blog só tinha 1 ou 2 comentários.
    Gostava da maneira de escrever, das situações retratadas e tudo mais.
    De repente, mudou, continuei a gostar.

    Ao começar a ser falado e comentado deu-se uma mudança brusca. Até um comentário que escrevi a dar-lhe as melhoras foi apagado. Não percebi nada do que aconteceu, mas algo me escapou, uma vez que é assunto debatido nos blogs...

    ResponderEliminar
  12. Princípio de Peter? Falta de vontade? Nada naquilo teve qualquer tipo de lógica.
    (o problema dos anónimos maus, para usar linguagem infantil, é que são maus, vai daí e a maldade não tem visados particulares, basta que aconteça, ele há males que têm de ser cortados pela raiz, estava a ver-se que o cockpit estava vazio, o cockpit não pode nunca ficar vazio).

    E foi uma pena, uma coisa realmente divertida suicidar-se daquela maneira.

    ResponderEliminar
  13. Estou aqui baralhada entre eufemismo, disfemismo, personificação ou ironia, este post é uma figura de estilo, não é?!

    No fundo acho uma palermice o blog ter terminado... espero que volte, a primeira, a miúda divertida antes dos anónimos

    ResponderEliminar
  14. É o que faz andar por aí assoberbada de afazeres! Chega-se uma pessoa ao seu blog de eleição e dá com a descrição pormenorizada de mais um Air Malaysia a jogar à batalha naval... fiquei na mesma mas ficou-me a ideia de que todos os anónimos vêm do BES e depois juntam-se conforme o veneno... por aí...

    ResponderEliminar
  15. Já sigo a Sara desde o anterior apetece-me, e sinceramente fiquei muito triste com o que li hoje.

    ResponderEliminar