sábado, 30 de abril de 2016

O que estás a fazer neste momento, Palmier?

A apanhar o jantar.

18 comentários:

  1. Antes de ver a fotografia, a minha mente imaginou uma Palmier a correr atrás de canis!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AhahhaAhahaahahhahahahhahahahahahahhahahahaahhahahahahhahahahhahahahaha

      (não estou nos Algarves... mas se estivesse era bem provável:D)

      Eliminar
  2. Vais apanhar até vir a mulher da fava rica?

    ResponderEliminar
  3. Ai favas... as saudades que esta emigrante tem das favas à Alentejana que mãe faz...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cozidas e temperadas com coentros, azeite e vinagre? Foi assim que as cozinhámos :D

      Eliminar
    2. A minha avó fazia favas só para mim, só eu é que gostava lá em casa, sei que colocava chouriço e coentros e também aquela rama de alho, sei que tem um nome mas não me recordo qual... ai as saudades! De tudo!

      Eliminar
    3. Eu com chouriço não gosto muito... só gosto assim :)

      Eliminar
  4. É pro cavalinho? Quer dizer, não sei se come favas 😆😆 bon apeti

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Querida Palmier, nem parece seu este pequeno deslize linguístico !! "EStivemos todos a descascar"!!

      Eliminar
  6. Poder ir à fava não é para todos... Têm um aspecto fenomenal. Branqueadas e salteadas são um mimo e esparregado de casca de fava é uma iguaria do Sul. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Branqueadas?! Isso já é muito à frente para mim. Foram cozidas e estavam muito boas :)

      Eliminar
  7. Este fds tb fui À fava. Mas não para mim, que não gosto. O resto da familia delicia-se com isto.

    ResponderEliminar