sábado, 29 de setembro de 2012

Lá chegará o tempo...

Em que, para além da saudade da memória do paladar dos bifes, santificaremos os talheres e teremos saudades de usar o garfo e a faca. Comeremos com as mãos o arroz de atum, sem esquecer os gestos elegantes que fazíamos outrora. Guardaremos os talheres para quando os bifes regressarem às nossas mesas e, nessa altura, a faca e o garfo descerão dos céus onde ficaram a aguardar pacientemente a nossa chamada e nós voltaremos a usá-los com a mesma destreza de antes, trinchando a carne como se este longo intervalo de tempo nunca tivesse existido.

Interpretação livre (e um 
 pouco mais tenebrosa) do texto
de"O Pipoco mais Salgado",

9 comentários:

  1. Estás a brincar , mas o assunto é muito sério...
    Olha eu com sou quase vegetariana não sinto falta da carne, mas acredito que muitas barriguitas já chorem de tanta saudade... enfim, como tu dizes " Lá chegará o tempo", para muitos infelizmente já chgou e á muito!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não estou a brincar... estou a falar a sério em tom de brincadeira... que é diferente... :)
      Sei bem disso...

      Eliminar
  2. Muito bom ! Pode não dar para fechar os olhos e sentir o sabor dos bifes, mas dá com certeza para imaginar como eram os talheres que pusemos no prego para podermos comer pão seco.À cautela, guardamos a cautela para dias melhores...

    ResponderEliminar
  3. Palmier não fiques zangado... eu sei que estás a falar a sério,também sei que é uma maneira de amenizar a coisa,gosto como abordas assuntos tão controversos como os que temos vivido actualamente, como este aqui apresentado.
    Beijinhos e continua!!!! Pode ser que alguém deste desgoverno que nos governa ou diz que governa te ouça mulher!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que não estou zangada! Nunca me zangaria com uma opinião!
      Obrigada :)

      Eliminar