quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Coisas parvas de meninos da 4ª Classe

Pedro e Paulo eram dois meninos que frequentavam a 4ª classe de um mesmo colégio. Pedro e Paulo gostavam de brincar aos Pokémons. Pedro era o líder e Paulo o seu Picatchu. Ambos tinham o seu grupo de ajudantes que, nem sempre, estavam de acordo. No entanto, Pedro, Paulo e os respectivos grupos conseguiram, durante um ano lectivo, brincar em sintonia e com um objectivo comum: Salvar o universo Pokémon. Acontece que um dia, sem que nada o fizesse prever, Pedro e Paulo zangaram-se. A zanga foi feia e Pedro e Paulo discutiram, no recreio, à frente de todos os meninos da escola. Paulo lançou um Attack a Pedro, e Pedro, mostrou uma defense à altura. No entanto, nenhum dos golpes resolveu a situação. O impasse mantinha-se e a medição de forças intensificou-se. Não se vislumbrava nenhuma evolution para o imbróglio. O panorama estava feio. A sobrevivência do universo Pokémon estava a ser posta em causa. Assim sendo, a escola em peso resolveu unir-se e protestar contra aquela luta infantil que destabilizava a vida escolar no seu conjunto. Perante aquela situação, Pedro e Paulo encontraram-se a sós, na casa de banho do rés-do-chão, para discutir  o assunto. Já os respectivos os grupos, tendo em conta a dimensão da luta, resolveram reunir-se no campo de futebol, sem os seus líderes, para tentar fazer as pazes. Acontece que a rivalidade já tinha tomado proporções tais, que o Director da escola, apesar de não se pronunciar directamente sobre a situação e de não dirigir uma palavra ao apoquentado grupo de alunos, estava de olhos postos em Pedro e Paulo. Sentindo-se impotente para os convencer a retomar a amizade, o Director resolveu convocar uma reunião de pais (esses seres sábios que têm resposta para tudo), para que estes lhe dessem a solução para o problema. 
E pronto... a reunião é amanhã... às 17h00, no Palácio de Belém...

18 comentários:

  1. Muito bom, mesmo muito bom! Ter um filho também ajuda, que pelos meus lados é mais bonecas e piroseiras, não há cá Pokemons para ninguém:)
    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que uma Barbie também podia cair bem nesta história... :DDD

      Eliminar
  2. "...Vou apanhá-los todos..."... post espectacular !!!

    ResponderEliminar
  3. E o sniper também foi convocado para a reunião? :)

    ResponderEliminar
  4. Bom.muito bom. Não há um Pokémon mau quelance um ataque a Pedro e a Paulo e os ponha no devido lugar. É que receio que os pais que hoje se reunem tenham tb eles pouca moral para melhores ensinamentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São pais muito ausentes, estes... nem para umas palmadas servem... :s

      Eliminar
  5. Muito bom. Ontem vi uma foto dos dois e foi isto mesmo que me passou pela cabeça: Guerras de meninos da escola.
    E a visão do Picatchu está demais!
    Acho que vou publicar este texto no meu mural do FB. Deixas?

    ResponderEliminar
  6. O problema é que pais que geram filhos como esse Paulo e Pedro também não devem ser boas peças...

    (não sabia que eles se tinham zangado, foi mesmo zanga ou é tudo teatro?)

    ResponderEliminar
  7. Pedrinho e Paulinho,que deviam estar de castigo desde essa altura,mais os outros amiguinhos,que não estando na mesma escola,saíram também uns bons pulhas.bjinhos.MÃE BUENA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E com orelhas de burro... voltados para um canto da sala :)

      Eliminar
  8. Não haver quem lhes faça um "Kamé Ámááááá!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um quê? Acho que percebes mais de Pokémons do que eu... :)

      Eliminar